Amadeus

Author: Share:

de Peter Shaffer, a 8 Set / 6 Nov 11, na sala Garrett do Teatro Nacional de Dona Maria II.

“A origem de Amadeus esteve num desejo antigo de celebrar Mozart, mas a peça não é, na verdade, apenas sobre Mozart. É também sobre Salieri. É sobre a natureza do sentido de injustiça de um homem”, afirmou Peter Shaffer, em 1992. Em Amadeus, teatro, música e ficção histórica cruzam-se e são muitos os caminhos abertos pelo ímpeto de vingança de um homem, Antonio Salieri, compositor da corte austríaca no século XVIII, em relação a Wolfgang Amadeus Mozart, prova viva de que “a música é a arte de Deus”.

A partir da rivalidade que Pushkin criou entre os dois compositores na sua obra Mozart e Sallieri (1831) e que inspirou a versão teatral de Peter Shaffer, Tim Carroll encena o conflito entre a mediocridade virtuosa e o génio fútil.

4.ª a Sáb. 21h Dom. 16h

tradução
Maria João da Rocha Afonso

encenação
Tim Carroll

cenografia
F. Ribeiro

figurinos
Storytailors

desenho de luz
Daniel Worm D´Assumpção

consultor musical
James Oxley

interpretação
Miguel Moreira, Diogo Infante, Carla Chambel, João Lagarto, Rogério Vieira, Manuel Coelho, Luís Lucas, José Neves e Martinho Silva

figurantes
Bernardo Chatillon, Isabel Costa, Joana Cotrim, João Pedro Mamede, Luís Geraldo e Maria Jorge
(da Escola Superior de Teatro e Cinema)

Produção
TNDM II

Pub

Informação relacionada