Vivacine Cinemas terminam processo de digitalização

Author: Share:

Os Vivacine Cinemas acabam de completar a digitalização dos complexos. Depois do Vivacine Maia, um dos primeiros cinemas totalmente digitais a norte do país, os complexos do Vivaci Guarda e Caldas da Rainha seguiram-lhe o exemplo. Agora, as 13 salas de cinema estão equipadas com tecnologia de ponta, o que perfaz um investimento superior a 280 mil euros.

A maior qualidade de som e imagem e a superior oferta de filmes são algumas das principais vantagens que o processo permite. No entanto, as máquinas de 35 mm vão manter-se nos complexos, já que os Vivacine realizam regularmente workshops de cinema, em parceria com diversas escolas, em que os alunos podem criar filmes e, posteriormente, visualizá-los.

Fruto de uma parceria firmada em 2007 entre o Grupo FDO e a ZON Lusomundo, a marca Vivacine dedica-se em exclusivo à exploração das salas de cinema dos Centros Comerciais Vivaci. Relembre-se que o Vivacine do centro comercial Vivaci Maia pratica entradas a três euros, quando o preço médio do bilhete de cinema normal oscila entre os 4,80 e os 5,80 euros.

Pub