Vinhos croatas reconhecidos

Author: Share:

Os vinhos croatas voltam a confirmar a sua qualidade, recebendo 40 medalhas e 25 recomendações da revista Decanter, a publicação especializada em vinhos mais prestigiada do mundo. Em 2011 os vinhos croatas arrecadaram mais de uma dezena de prémios relativamente ao ano passado.

Anualmente, a revista Decanter, publicada em 98 países, e referência mundial na área dos vinhos, faz uma seleção rigorosa e premeia os melhores néctares do mundo. A cerimónia de atribuição dos prémios de 2011 realizou-se durante a feira de vinho de Londres, a London Wine Fair, onde estiveram presentes 1500 produtores, oriundos de 30 países, e mais de vinte mil tipos de vinho diferentes. A Croácia esteve representada por vinte e cinco produtores, maioritariamente das regiões da Istria, Dalmácia e Eslavónia.

O vinho croata que obteve a melhor classificação foi o “Bodren”, colheita de 2009, da adega Hum Na Sutli, conquistando o troféu regional, o prémio com mais prestígio da mostra. A somar a este galardão, a adega Hum Na Sutli (na Croácia Central) conquistou mais duas medalhas de prata e uma de bronze.

A medalha de ouro foi atribuída ao vinho branco Graševina 2009, da adega Krauthaker. Refira-se que no ano passado, o reconhecido restaurante “The Fat Duck”, em Londres, comprou toda a colheita do Graševina e em 2011, o restaurante de culto pretende continuar a oferecer aos seus clientes este néctar.

Os vinhos desta adega na região de Kutjevo, na Eslavónia, foram ainda premiados com duas medalhas de prata, duas de bronze e duas recomendações da Decanter.

Segundo a directora de degustação da revista Decanter, Christelle Guibert, os cinco melhores produtores de vinho croatas são Dimitri Brečević, Moreno Coronica e Ivica Matošević na região da Ístria e Alen Bibich e Andro Tomić na região da Dalmácia.

Pub

Informação relacionada