Opel Insignia com nota máxima em durabilidade

Author: Share:

Segundo a sondagem para 2012 levada a cabo pela associação de supervisão técnica alemã “GTÜ” (Gessellschaft für Technische Überwachung), o Opel Insignia é o automóvel usado com melhor classificação no segmento das berlinas familiares. O estudo divulgado no Salão Internacional de Frankfurt, colocou o Insignia na posição cimeira em termos de qualidade entre os veículos usados com idades compreendidas entre um e três anos. O estudo da “GTÜ”, observatório oficial dos automóveis usados Alemães, tem como principal objectivo a medição e comparação da durabilidade dos automóveis usados.

A estatística da GTÜ para o ano de 2012 baseia-se numa amostra superior a cinco milhões de veículos inspeccionados, produzidos por mais de 240 marcas de automóveis diferentes durante os últimos dois anos. A conclusão do estudo resulta na classificação de todos os modelos num ranking onde é destacada a liderança do Opel Insignia em todas as categorias. O trabalho contempla também a elaboração de uma lista onde são enunciadas de forma clara as vantagens e desvantagens de cada modelo.

Para Rainer de Biasi, responsável da “GTÜ”: «A alta qualidade dos acabamentos do Insignia sobressaiu nas inspecções gerais», adicionando que «o Insignia é uma novidade no mercado de automóveis usados, e é claramente o vencedor no segmento das berlinas familiares». As motorizações que equipam o Insignia foram alvo de melhorias significativas tendo em linha de conta a economia de combustível. O Opel Insignia 1.4 Turbo é o mais económico no segmento. Com 140 cv de potência, consome apenas 5,7 l/100km e emite 134 g/km de CO2. Por comparação com a anterior motorização atmosférica de 1.8 litros e também 140cv de potência, o consumo sofreu uma redução de 2 l/100km, e as emissões de CO2 de 45 g/km. A nova motorização turbodiesel 2.0 CDTI de 160 cv, de reforçada economia de combustível, consome 4.3 l/100km e emite 115 g/km de CO2.

Pub

Informação relacionada