Monte Selvagem investe na formação da sua equipa

Author: Share:

O Monte Selvagem – parque e reserva animal de Montemor-o-Novo, firmou uma parceria com a Casa João Cidade, uma IPSS local que apoia deficientes mentais, para dar formação aos colaboradores do parque na recepção aos visitantes portadores de deficiência.

A Comunidade Sócio-Terapêutica Casa João Cidade é uma Instituição Particular de Solidariedade Social que tem como objectivo construir, equipar e manter em funcionamento, em Montemor-o-Novo, uma comunidade sócio-terapêutica que promova a convivência social, reabilitação, educação e inserção de jovens e adultos com deficiência mental.

A acção, que se inicia esta semana, insere-se na formação contínua dos recursos humanos daquele espaço, que recebe milhares de visitantes por ano e se preocupa em receber todas as pessoas da melhor maneira possível.

A participação da equipa do parque em várias acções de formação externas como congressos, colóquios, seminários, jornadas, cursos, workshops e visitas técnicas, são práticas comuns e, internamente, o parque realiza reuniões periódicas de partilha de experiências e acertos de metodologias, sessões de esclarecimento e formações várias com técnicos especializados em diversas matérias, convidados pelo parque.

Durante os meses de hibernação do parque, em Novembro, Dezembro e Janeiro o parque vai investir, mais uma vez, na especialização no tratamento de animais resgatados, enviando dois dos seus técnicos de bem-estar animal para o AAP- Santuário de animais exóticos situado em Almere, na Holanda, onde vão receber formação em tratamento diário de primatas e pequenos mamíferos, para aprofundar conhecimentos e técnicas cruciais na manutenção da excelência no tratamento atribuído aos animais da reserva.

O AAP- Santuário de animais exóticos é um centro especializado no alojamento de animais confiscados ou abandonados por pessoas privadas, na sua reabilitação e na escolha de lares de acolhimento permanente para os mesmos. Através da cooperação com parques zoológicos, este santuário envia regularmente listas dos animais qualificados para recolocação. Desde Outubro de 2007 que o Monte Selvagem e o AAP colaboram na protecção de várias espécies, tendo o parque de Montemor-o-Novo já recebido um grupo de 10 macacos rabo de porco (Macaca nemestrina) reabilitados pelo AAP, em Julho de 2008.

Pub

Informação relacionada

Deixar um comentário