Designer alemã cria fibra a partir do leite

Author: Share:

Uma jovem criadora alemã e bióloga especializada em micro-biologia está a revolucionar o mundo da moda ao desenhar roupa com tecido feito a partir do leite.

Anke Domaske, de 28 anos e de Hanover, desenvolveu um tecido chamado QMilch feito de alta concentração de caseína, a proteína do leite, tornando-se na primeira fibra feita pelo homem que é integralmente isenta de produtos químicos.

“Parece seda e não cheira mal”, disse a criadora à Reuters, acrescentando que podia ser lavada como qualquer outro tecido.

Feito de fibras naturais, o QMilch é ecológico mas também traz benefícios para a saúde uma vez que os aminoácidos na proteína são antibacteriais, anti-envelhecimento e podem ajudar a regular a circulação sanguínea e a temperatura do corpo.

A Mademoiselle Chi Chi (MCC), marca da designer, começou já a introduzir a fibra de leite na colecção.
Actualmente as roupas da marca MCC, que incluem vestidos de envelope com cortes ousados e padrões brilhantes, são feitos de uma combinação de fibras entre as quais a QMilch, mas Anke Domaske pretende lançar uma colecção feita inteiramente a partir da fibra do leite.
A fibra de leite não é original e existe desde os anos 30, mas fabricado com métodos não ecológicos que utilizavam muitos químicos, diz ainda a Reuters.
A caseína é extraída do leite em pó e depois aquecida juntamente com outros ingredientes naturais, sendo depois fiada.

Segundo a criadora serão necessários cerca de seis litros de leite para produzir um vestido que custa entre 150 e 200 euros, sem correr o risco de perder a validade uma vez que as moléculas ligam-se de tal forma que a proteína não se decompõe.

Informação relacionada

Deixar um comentário