Le Nu Impossible em debate no ciclo Ásia em Livros

Author: Share:

O mês de Outubro marca o regresso do ciclo de conferências “A Ásia em Livros”. Em destaque vai estar a obra Le Nu Impossible, de François Jullien – esta é mais uma das diversas perspectivas de uma Ásia de enorme riqueza cultural.

Diferentemente da nudez, que implica sempre uma diminuição ou uma falta, o nu tem uma presença absoluta na história da arte ocidental. O nu é entendido como a fusão da essência e da forma e representa um momento, parado no tempo, que convoca e evoca o eterno.

A centralidade e, sobretudo, a omnipresença do nu na arte ocidental contrastam com a sua total ausência na tradição artística chinesa, uma tradição muito rica, porém, na figuração de personagens. A obra e o debate tentam responder a questões tais como saber quais são as concepções do corpo humano que estão subjacentes a esta disparidade, ou como pensar a relação entre uma tradição artística e as ideias que estão na sua origem.

A conferência é dirigida por Maria Trigoso, licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Universidade de Lisboa, mestre em Relações Internacionais, e com diversos diplomas de especialização em língua e cultura chinesas pelas universidades de Macau, Sun Yat Sen e Michigan.

Esta iniciativa é organizada em colaboração com o Instituto de Estudos Orientais da Universidade Católica Portuguesa.

a Ásia em Livros – 7ª sessão
Le Nu Impossible, de François Jullien (1ª edição 2005)
Data: 27 Outubro
Horário: 18h30
Apresentação: Maria Trigoso
Local: Centro de Documentação
Museu do Oriente
Entrada Livre

Pub

Informação relacionada

Deixar um comentário