Quinta do Pôpa alarga distribuição em Portugal

Author: Share:

O produtor duriense Quinta do Pôpa, situado na encosta de Adorigo, no concelho de Tabuaço, e que conta com a expertise do enólogo da Bairrada Luís Pato, acaba de fechar quatro novos contratos de distribuição – Graça & Silva (Pombal), Fergrama (Coimbra), Koppuscom (Leiria) e Vitis Vinífera (Aveiro) –, aumentando assim a presença do seu portefólio de vinhos no mercado português.

Com alguns dos vinhedos de melhor localização de todo o Douro – com classificação A e plantados com Tinta Roriz, Touriga Franca, Tinto Cão, Sousão e uma grande percentagem de Touriga Nacional, além de várias parcelas de vinhas antigas, com mais de 60 anos de idade –, Zeca Pôpa (proprietário da Quinta do Pôpa) sonhou elaborar alguns dos melhores tintos do Douro. Para tal, chamou o amigo Luís Pato, que vem usando o seu talento e perfeccionismo para criar vinhos complexos e cheios de carácter, marcados pela inconfundível opulência que é a marca registada dos vinhos da região.

Os wine lovers das zonas centro e litoral norte irão agora poder desfrutar mais de perto dos néctares produzidos pela bairradina mão do enólogo Luís Pato na região do Douro. Falamos dos vinhos sob as marcas ‘Contos da Terra’ (entrada de gama), ‘Preffácio’, ‘Pôpa’ e ‘PAPO’ (ou ‘TRePA’, se falarmos do mercado internacional).

O sofisticado ‘PAPO’ é a realização de um velho sonho de Luís Pato, combinando uvas Tinta Roriz de um dos vinhedos da duriense Quinta do Pôpa com a potente Baga da Vinha Pan. Um vinho que mostra uma grande estrutura, mas é envolvido por muitas camadas de fruta madura, o que faz com que possa ser apreciado desde jovem ou ser guardado por muitos anos; a guarda conferir-lhe-á evolução.

A linha de vinhos sob a marca ‘Pôpa’ inclui dois monovarietais/castas, um elaborado com Touriga Nacional (‘Pôpa TN’) e outro com Tinta Roriz (‘Pôpa TR’). O ‘Pôpa VV’ é elaborado a partir do blend de 21 castas, de onde se destacam a Malvasia Preta, o Sousão, a Tinta Amarela / Trincadeira Preta, a Tinta Barroca, a Tinta Roriz, o Tinto Cão, a Touriga Franca e a Touriga Nacional, todas elas plantadas em vinhas velhas com idade superior a 60 anos. É um tinto que mostra uma incrível profundidade.

A gama ‘Preffácio’ é, actualmente, a única que é composta por tintos, brancos e rosé, sendo vinhos saborosos e fáceis de se gostar. O tinto e o branco da marca ‘Contos da Terra’ são os vinhos de entrada de gama da Quinta do Pôpa.

Pub

Informação relacionada

Deixar um comentário