Reflexão sobre o Japão moderno e a individualidade

O ciclo de conferências “A Ásia em Livros” prossegue no mês de Novembro com a análise da obra de Eiko Ikegami, The Taming of the Samurai – Honorific Individualism and the Making of Modern Japan, no dia 24 de Novembro, pelas 18h30 no Centro de Documentação do Museu do Oriente. A entrada é livre.

Coordenada por Ana Fernandes Pinto, esta sessão debruça-se sobre um dos enigmas do Japão, na perspectiva ocidental, que é o aparente conflito entre uma cultura centrada na colectividade e na individualidade.

Esta questão é o ponto de partida da obra de Ikegami Eiko. Em The Taming of the Samurai, o autor procura dar resposta a este enigma através análise da evolução cultural dos Samurai, apresentada, em termos genéricos, como elite militar que durante vários séculos dominou os destinos da sociedade nipónica.

Na sua obra, Ikegami Eiko foca a cultura da honra, identificando os instrumentos disciplinadores e “domesticadores” no seio do grupo e detecta, em simultâneo, a institucionalização daquilo que designa por “individualismo honorífico”. Disso é exemplo a construção de uma ética vassalo/senhor, ou o direito a uma morte honrada. Práticas honoríficas que o autor explora no livro, e que serão o objecto central da discussão.

O ciclo de conferências é organizado em colaboração com o Instituto de Estudos Orientais da Universidade Católica Portuguesa.

Ciclo de Conferências “A Ásia em livros” 8ª sessão
The Taming of the Samurai – Honorific Individualism and the Making of Modern Japan, de Eiko Ikegami (1ª edição 1995)
Data: 24 Novembro
Horário: 18h30
Apresentação: Ana Fernandes Pinto
Local: Centro de Documentação
Entrada Livre

Pub

Deixar um comentário