Tradição e Modernidade na pintura contemporânea chinesa

Author: Share:

A pintura chinesa a tinta-da-china sobre papel de arroz constitui a arte oriental por excelência. A exposição “Tinta-da-China: Uma Exposição de Pintura Chinesa Contemporânea” traz ao Museu do Oriente, de 2 de Dezembro a 31 de Janeiro, uma mostra que revela diversos trabalhos desta técnica ancestral.

A criação da pintura chinesa segue tendências estéticas muito próprias. O espírito desta pintura reside na criação de uma atmosfera a partir da qual o pintor pode expressar o seu entendimento do universo, da natureza e da civilização humana. Ao juntar unidade e forma, a pintura chinesa ganha uma vitalidade rítmica completa.

Estarão patentes nesta exposição uma centena de obras de arte da autoria de mais de 80 artistas de toda a China que ilustram paisagens, fauna e flora produzidas, ora de forma realista, ora abstracta, com recurso à cor, efeitos de luz e sombra, ao claro-escuro, ao seco e molhado.

“Tinta-da-China: Uma Exposição de Pintura Chinesa Contemporânea” é organizada em colaboração com a China Artists Association (CAA).

Tinta-da-China: Uma Exposição de Pintura Chinesa Contemporânea
Data: 2 de Dezembro a 31 de Janeiro
Terça-feira a domingo: 10h00-18h00
À sexta-feira o horário prolonga-se até às 22h00, com entrada gratuita a partir das 18h00
Encerra à segunda-feira
Público-alvo: Público em geral
Local: Galeria Sul – Piso 0
Preço: € 5,00 (entrada no Museu do Oriente)

+ sobre Museu do Oriente

Pub

Informação relacionada