O Moscatel de Setúbal “Alambre” com nova imagem

Author: Share:

A José Maria da Fonseca decidiu em 2011 voltar a adoptar a marca Alambre, como designação do seu principal Moscatel de Setúbal. Depois de alguns anos a comercializar o seu Moscatel novo como Moscatel de Setúbal José Maria da Fonseca, a empresa volta à anterior designação, apenas alterando ligeiramente a imagem, mas mantendo inalterada toda a qualidade de um dos seus produtos mais emblemáticos.

O vinho mantém a mesma linha das anteriores colheitas e é uma óptima recomendação para o seu Natal, quer para oferta, quer para acompanhar as sobremesas da sua consoada em família.

“Decidimos voltar a utilizar a marca Alambre, dada a sua notoriedade e o enorme prestígio que tem junto dos consumidores dos nossos Moscatéis” de acordo com António Maria Soares Franco, Vice-Presidente da José Maria da Fonseca.

A família Alambre passa assim a ser composta por este Moscatel colheita, o mais novo, e pelos Alambre Moscatel de Setúbal 10, 20, 30 e 40 Anos; agora comercializados em embalagem individual.

Na produção deste Moscatel de Setúbal teve-se um grande cuidado na selecção dos lotes que compõem este produto, resultando num vinho de cor carregada, com grande complexidade e volume de boca, mantendo-se a elegância e suavidade que o caracterizam.

O Moscatel de Setúbal pode ser servido como aperitivo, e neste caso aconselha-se que esteja a uma temperatura de 10ºC. Como vinho de sobremesa, é um excelente acompanhamento para chocolate preto ou qualquer sobremesa à base de ovos.

PVP Recomendado – 5€

Pub

Informação relacionada