Alargamento do Fluviário de Mora em bom ritmo

Author: Share:

As obras de alargamento do Fluviário de Mora prosseguem em bom ritmo, estando praticamente finalizada toda a estrutura de betão do novo Lontrário, que muito em breve passará acolher não só o casal de lontras de garras pequenas, mas também a espécie de lontras existente em algumas bacias hidrográficas de Portugal: Lutra lutra, uma espécie protegida, o que implicou que todo o processo seja acompanhado pela Direcção-Geral de Veterinária e pelo Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade.

Por outro lado, a obra, que arrancou em Junho deste ano, inclui, para além do novo Lontrário, a transformação do tanque, onde actualmente vivem a Mariza e o Ronaldo, num aquário para peixes de grande porte, uma espécie de Monstros do Rio: carpas de mais de 20 quilos, esturjões com mais de 1 metro de comprimento, enguias….

Num investimento de 600 mil euros, a renovação do Fluviário de Mora (cujos projectos continuam a ser de responsabilidade do gabinete de arquitectura Promontório) impõe-se pela diversificação da oferta de um espaço dinâmico e vivo, e pela cada vez maior participação do equipamento em projectos científicos, através do seu Núcleo de Investigação (NIFM).

No âmbito do compromisso de inovação e melhoria contínua, o Fluviário tem ainda em curso um embelezamento de diversos habitats e vai iniciar muito em breve um Projecto que visa a introdução de mais espécies autóctones, alargando substancialmente a sua colecção animal: macroinvertebrados, répteis, anfíbios…

Por último, em Janeiro do próximo ano, os visitantes passarão a poder utilizar o serviço Guia Áudio, que, de forma muito dinâmica e pedagógica, dará todas as informações e curiosidades aos visitantes.

+ sobre Fluviário de Mora

Pub

Informação relacionada