Roupas de criança MIM é produto de um sonho

Author: Share:

Ligada a roupa de criança desde 2001, Marta Quina pôs em prática o sonho de criar uma marca de roupa de criança com as roupas como queria, com o que achava que era necessário em Setembro de 2011 com a abertura da loja MIM.

A marca e a loja MIM, um espaço agradável e acolhedor no Centro Comercial Castil, em Lisboa, vende roupa para crianças dos 0 aos 10 anos. Roupa prática, de qualidade, simples e original.

“É muito importante para as crianças, e para uma mãe que quer vestir uma criança e não quer ter 500 iguais, que estas tenham um tecido diferente, um modelo diferente e ao mesmo tempo possam brincar, movimentar, correr saltar, ser criança” diz Marta Quina ao ShoppingSpirit.

O desenho das roupas e a escolha dos tecidos é da responsabilidade de Marta Quina, que não se assume como estilista ou designer e que trabalha com uma equipa de mais duas pessoas.
Na criação das colecções, Marta Quina leva em conta as tendências internacionais, mas o gosto pessoal da criadora está sempre presente. Alguns dos padrões favoritos são as cornucópias, que estão na moda, alguns padrões de flores, o xadrez ou as riscas de várias larguras.

A filha mais velha da proprietária está na origem do nome, “porque até aos 3 ou 4 anos ela chamava-se a ela própria MIM”, diz ainda.

O logótipo em forma de coração foi desenhado tendo em conta o movimento e simplicidade uma vez que o que tem a ver com crianças “tem que ser simples” além de “amoroso porque as crianças também são amorosas”.

Contra todas as expectativas, o negócio correu muito bem durante o Inverno, Natal e saldos diz Marta Quina, que acrescenta que “as pessoas aderiram muito bem” ao conceito e às roupas que vende. A divulgação feita nas redes sociais como o Facebook e em revistas e ajudaram o negócio e o resultado foi uma adesão “como nunca tinha tido noutras marcas”. O facto de ter uma grande variedade de roupa de criança num espaço pequeno também foi uma surpresa agradável para o público que assim pode comprar várias peças para a mesma criança sem repetir o género de roupa, refere ainda.

Depois da primeira loja, Marta Quina não diz que não a um novo espaço, mas no horizonte está primeiro a consolidação desta e do site de vendas online.

“Colecção de Verão da MIM é muito alegre e muito fresca”

Para o Verão a MIM tem preparada uma colecção com muitos padrões de xadrez, flores, cornucópias e riscas no caso das raparigas. Para rapaz os padrões serão os xadrezes e as riscas. As cores serão os azuis, cor-de-rosa – para as meninas – mas também muitos brancos, cores cruas.

A nova colecção está disponível durante o mês de Fevereiro com as primeiras peças a chegarem logo no início.

Em relação ao Verão a expectativa é grande tendo em conta a actual conjuntura, mas Marta Quina mantém-se positiva, dizendo que é preciso ser prudente na produção e tentar adaptar-se ao que o cliente procura. A roupa destina-se a crianças dos 0 aos 10 anos, mas no Verão irão aparecer roupas para os 12 anos.

O desenho das roupas e a escolha dos tecidos é da responsabilidade de Marta Quina, que não se assume como estilista ou designer e que trabalha com uma equipa de mais duas pessoas.

Clique nas imagens para mais informações

Informação relacionada