Opel alarga a gama Insignia com novo motor Diesel biturbo

Author: Share:

Motor 2.0 BiTurbo CDTI debita 195 cv e 400 Nm;
Opção de tração dianteira ou tração integral;
Sistema de sobrealimentação com intercooler inédito;
Baixo consumo, com médias a partir de 4,9 l/100 (129 g/km de CO2);
Suspensão dianteira HiPerStrut de alta performance nos Insignia 4×4;
Novos sistemas de assistência à condução baseados em tecnologia radar.

A Opel vai alargar a gama Insignia com a introdução de um motor Diesel biturbo de elevada performance. O novo propulsor 2.0 BiTurbo CDTI debita 195 cv de potência e disponibiliza um elevadíssimo binário de 400 Nm. Apesar destes valores referenciais, o consumo médio de combustível da variante berlina de quatro portas com tração dianteira fixa-se em 4,9 l/100, com emissões de CO2 de apenas 129 g/km. Graças a sofisticados sistemas de sobrealimentação e de gestão eletrónica, o Insignia BiTurbo CDTI torna-se num dos automóveis mais eficientes no segmento dos familiares médios. Na Primavera de 2012 surgem as versões com tração integral, que estarão dotadas do chassis SuperSport com suspensão dianteira proveniente do Insignia OPC (Opel Performance Center). Esta suspensão adota a configuração ‘HiPerStrut’, que apura o comportamento dinâmico em estrada. Para além disso, a segurança ativa do Insignia é aumentada com novos sistemas de assistência à condução.

Clique para mais informações

Pub

Informação relacionada