“Cozinha dietética APDP / Pão São” já abriu portas

Author: Share:

A «Cozinha dietética APDP / Pão São» já abriu portas e prepara-se para iniciar os cursos práticos de culinária para profissionais de saúde, pessoas com diabetes e também para o público em geral. O objectivo é ensinar a identificar os alimentos mais saudáveis, a avaliar as suas porções aconselhadas e a confeccioná-los da maneira mais apropriada.

Prevenir e tratar a diabetes é um dos principais objectivos da Escola da Diabetes e, especificamente, da nova «Cozinha dietética APDP/Pão São» que prevê iniciar os cursos práticos de culinária no próximo mês. A alimentação é um aspecto fundamental na prevenção e no controlo da doença, pelo que a aposta nesta valência constitui-se como mais uma forma de promover a educação alimentar das pessoas com diabetes e de formar profissionais de saúde para o efeito.

«Numa época de crise, ousadia é a palavra de ordem para a enfrentar. Foi o que fizemos há um ano, com a criação da farmácia e agora com a nova cozinha, que nos permitirá formar para uma alimentação saudável com todas as condições necessárias», disse Luís Gardete Correia, presidente da APDP, na inauguração do novo espaço.

A «Cozinha dietética APDP/Pão São» é um projecto que vem dar continuidade ao trabalho de Ernesto Roma, fundador da APDP, que desde cedo promoveu o estudo da nutrição e dos alimentos, ao fundar a Sociedade Portuguesa de Gastronomia que funcionou na associação até à década de 70. Nessa altura foi instalada uma cozinha dietética para experimentação, treino e formação dos técnicos de saúde que assistiam os doentes, bem como para formação de pessoal para o exterior.

Educar para uma alimentação correcta é uma forma importante de contribuir para uma melhoria da qualidade de vida da pessoa com diabetes. Com a inauguração «Cozinha dietética APDP/ Pão São», ampla e dotada de todas as condições necessárias, está concluída mais uma etapa no projecto da Escola da Diabetes.

Clique para mais informações

Pub

Informação relacionada