Tissot, vencedor do Concurso Internacional de Cronometria

Os prémios do Concurso Internacional de Cronometria foram entregues, em Outubro de 2011, no Château des Monts em Le Locle, em nome da precisão, perfeição e experiência na Relojoaria, nomeadamente no domínio da Relojoaria mecânica contemporânea. O primeiro prémio na categoria “Empresa – Clássica” foi para a Tissot SA.

Após os procedimentos científicos, técnicos e culturais que foram realizados por laboratórios certificados do Observatório de Besançon e do Serviço Suíço de Controlo de Cronometria em Bienne e Le Locle, bem como à exposição em campos magnéticos e testes de choques na Haute Ecole Arc em Le Locle, os júris revelaram os grandes vencedores nas categorias Empresa – Escola, Clássica e Turbilhão.

O líder deste ano da categoria “Clássico”, derivado de um relógio da colecção Tissot cujo nome foi atribuído em homenagem à comunidade das Montanhas Neuchâtel “Le Locle”, retrata os valores inovadores e tradicionais da marca. Desta forma, este relógio é simbólico para a gama clássica Tissot.

Francois Thiébaud, Presidente da Tissot afirma «É uma grande honra receber este prémio e gostaria de dedicá-lo a todos os que contribuíram para o nosso conhecimento e especialização, que permanece exclusivo na Suíça.»

A peça é um tributo aos habitantes da cidade de Le Locle, sem os quais nada disto teria sido possível. Graças ao seu apoio, a Tissot tem sido capaz de explorar novos territórios, oportunidades e horizontes durante cerca de 160 anos. Esta experiência é o que caracteriza a empresa que é hoje, forjando a sua competência e know-how que lhe permitiu produzir o relógio para esta ocasião especial.

Clique para mais informações

Artigos relacionados