Portugueses são quem consomem menos café na Europa

Ao contrário do que se possa pensar, os portugueses bebem pouco café. Em média, cada português bebe 2,2 chávenas de café por dia, sendo o consumo nacional per capita de 4,1 quilos, face aos 6 quilos da média europeia e 13 quilos da Noruega ou Finlândia. Isto significa que os portugueses bebem menos cerca de 40% de café do que a média europeia e menos 70% do que os finlandeses. Outro aspecto que diferencia o mercado português é o peso do consumo fora de casa, que representa 80% das vendas, maioritariamente em locais de convívio: restaurantes, pastelarias, cafés, hotéis e bares. Este aspeto está ligado à cultura do expresso em conjunto com o consumo social.

No dia 14 de Abril assinala-se o Dia Internacional do Café. É a segunda bebida mais ingerida em todo o mundo (apenas superada pela água), sendo a cafeína a substância psicoativa mais consumida e, também, uma das mais estudadas. Apesar de ser um composto amplamente estudado e consumido, continuam a existir muitas dúvidas e mitos em torno da substância (cafeína) e da bebida (café) e o impacto que têm na nossa saúde. Para dar resposta a esta necessidade e ajudar a diferenciar o “mito” do “facto”, a Associação Industrial e Comercial do Café (AICC) tem em curso em Portugal o Programa Café & Saúde, que demonstra, com base em evidência científica, os principais benefícios do café para a saúde e bem-estar.

O Programa “Café e Saúde” foi implementado em Portugal, em 2007, pela AICC (Associação Industrial e Comercial do Café) com o objetivo de mudar a atitude dos profissionais de saúde relativamente ao consumo de café. É um projeto de informação, dirigido a profissionais de saúde, que procura esclarecer e desvendar mitos sobre a ingestão do café, reunir evidência científica quanto aos benefícios inerentes ao seu consumo na prevenção de algumas patologias e estimular o conhecimento específico sobre esta temática. Criado pela OIC (Organização Internacional do Café) está presente, atualmente, em Portugal, Espanha, Alemanha, Itália, Finlândia, França, Holanda, Rússia e Reino Unido.

Pub