Edge-Core Networks apresenta switch Layer 2 Gigabit Ethernet

Author: Share:

O novo ECS4810-28TS oferece uma robusta capacidade de empilhamento bidirecional e permite atingir uma largura de banda no backplane de 4 Gbps.

A Edge-Core Networks Corporation, fornecedor de soluções profissionais de networking, com uma vasta oferta de produtos de alta gama de nível empresarial e de equipamentos de rede Ethernet e serviços de banda larga, acaba de anunciar o lançamento do novo ECS4810-28TS, um switch empilhável Layer 2 Gigabit Ethernet para ambientes empresariais. Este novo equipamento inclui 24 portas 1000BASE-TX (RJ-45) e 4 portas combo Gigabit (RJ-45/SFP) e suporta um alargado intervalo de temperaturas de funcionamento, desde dos -20 °C até aos 65°C.

O ECS4810-28TS é o mais recente membro de família ECS 4500 Series da Edge-Core Networks, que é composta por switches Layer 2 Gigabit Ethernet de elevado desempenho pensados para as necessidades dos mercados PME e Enterprise. Este novo switch oferece capacidades de empilhamento resilientes, permitindo atingir até 16 unidades com um backplane empilhado a 4 Gbps. Toda a pilha pode ser gerida através de um único endereço IP. Baseado numa filosofia de utilização amiga do utilizador, o switch pode ser gerido por intermédio de comandos CLI, utilizados de forma padrão na indústria, ou da sua interface gráfica (GUI) igualmente simples de usar. Além disso, o ECS4810-28TS suporta funções de gestão IPv6 para SNMP, Telnet e TFTP, podendo assim ser usado não só nas redes atuais mas também nas redes futuras.

“A capacidade avançada de switching, a possibilidade de empilhamento de hardware e o grande intervalo de temperaturas de operação suportado tornam o ECS4810-28TS ideal para ser usado na agregação de servidores de elevado desempenho e na ligação de dispositivos topo de gama network attached storage (NAS), permitindo ao mesmo tempo dar mais poder e dinamismo aos grupos de trabalho, às atualizações do backbone e disponibilizando gigabit no desktop para os utilizadores mais intensivos”, afirma Nuno Silveiro, South Europe Sales Director da SMC Networks. Ainda de acordo com este responsável, “o ECS4810‑28TS melhora os serviços de rede para as empresas de médio e grande porte e representa uma escolha excelente para instalações onde estejam reunidos ambientes Ethernet, Fast Ethernet e Gigabit Ethernet.”

Principais Funcionalidades e Benefícios:

Empilhamento de hardware

A capacidade de empilhamento de hardware suporta um máximo de 16 unidades por pilha, geridas através de um único endereço IP. As ligações bidirecionais da pilha permitem encontrar sempre o melhor e mais rápido caminho entre os switches, garantindo ao mesmo tempo uma largura de banda de 4 Gbps no backplane.

Suporte para IPv6

O switch suporta Internet Protocol version 6 (IPv6), oferecendo todos os benefícios associados, nomeadamente a coexistência dos protocolos IPv4 e IPv6 no mesmo dispositivo. Além disso, o switch suporta uma série de capacidades de gestão IPv6, Stateless Auto-configuration, configuração manual e ainda QoS, SNMP, Ping, http, Telnet, SSH, DNS, SNTP e TFTP para IPv6.

Disponibilidade elevada

A utilização de IEEE 802.1w Rapid Spanning Tree Protocol oferece uma rede isenta de loops e um caminho redundante com convergência rápida. A utilização de IEEE 802.3ad Link Aggregation (LACP) em todas as unidades empilhadas garante uma maior largura de banda e ajuda a assegurar o uptime e a disponibilidade necessárias. O IGMP Snooping limita a largura de banda destinada ao tráfego de vídeo intensivo apenas para quem o solicita. O Broadcast Storm Control impede que as estações terminais com defeito possam degradar o desempenho geral do sistema.

Qualidade de Serviço avançada

O ECS4810-28TS oferece mecanismos IEEE 802.1p Class of Service (CoS) padrão e classificação de campos Differentiated Service Code Point (DSCP). O estabelecimento estrito de filas de prioridade permite assegurar que os tráfego mais urgente é entregue antes de todos os restantes, enquanto o agendamento Weighted Round Robin (WRR) garante uma atribuição de prioridades diferenciadas ao fluxo de pacotes. Através de DiffServ Traffic Shaping Flow baseado na limitação de taxa é possível preservar a largura de banda na rede, garantido em simultâneo o máximo controlo sobre os recursos de rede, juntamente com a marcação e reclassificação por pacote e com base em diferentes parâmetros (ACL, DSCP, precedência IP e VID).

Segurança melhorada

Por forma a garantir segurança nas portas, o switch recorre à restrição de acessos IP Source Guard and Port Security baseada em endereço MAC, limitando o número de dispositivos usados por porta e protegendo contra ataques por inundação de MAC. Além disso, podem ser usados três tipos de Access Control Lists (ACLs) para restringir o acesso a recursos de rede sensíveis por intermédio da negação de pacotes baseados nos endereços MAC de origem e de destino, nos endereços IP ou nas portas TCP/UDP. O switch também suporta DHCP Snooping, assegurando que os pedidos de DHCP são enviados apensas para o servidor correto, bem como VLANs privadas que podem isolar as portas nas pontas para garantir a privacidade do utilizador.

Preços e disponibilidade

Já disponível junto da rede de revendedores e de integradores de qualidade da Edge-Core Networks por um preço recomendado para retalho de 499,99 euros, excluindo impostos.

Pub

Informação relacionada