Miele distinguida com selo Topten da Quercus

Author: Share:

A Miele recebeu recentemente o selo Topten, uma iniciativa desenvolvida pela Quercus que divulga em Portugal os equipamentos distinguidos pelo projecto Topten como os mais eficientes em termos de consumo energético, tendo a marca sido distinguida em 13 modelos.

A eficiência energética é um dos pontos essencias na selecção dos vários modelos, estando também incluídos nestes critérios o ciclo de vida dos produtos, os impactos no ambiente e na saúde e o nível de qualidade.

Neste âmbito, a Quercus entregou à Miele um selo personalizado para cada um dos 13 modelos distinguidos, entre máquinas de lavar louça, máquinas de lavar roupa e equipamentos de frio, podendo os selos ser utilizados no respectivo modelo ou em materiais promocionais diversos.

Hans Egenter, director geral da Miele Portuguesa sublinhou a importância do selo Topten, lembrando que o consumo e eficiência energética, ciclo de vida dos equipamentos, qualidade e impacto no ambiente e na saúde das pessoas são questões importantes na marca.

“O selo Topten é um excelente “resumo” de todas estas características que podem ser encontradas nos nossos equipamentos e que mostram que de facto na Miele nos preocupamos em dar o melhor de nós aos nossos clientes” disse.

De salientar que o Topten permite, através de uma ferramenta de pesquisa online, que os consumidores possam facilmente escolher e comparar os melhores produtos disponíveis no mercado, em diferentes categorias (electrodomésticos, lâmpadas, equipamentos de escritório e automóveis), de acordo com o seu desempenho, o consumo de energia ou outros recursos, entre outras características.

Os critérios de selecção têm por base os regulamentos e normas em vigor, procurando sempre ser mais exigente que estes e são totalmente transparentes e independentes dos fabricantes/importadores. Este projecto pretende que os consumidores façam escolhas inteligentes no momento em que precisam de comprar/substituir um produto ou equipamento. Desenvolvido desde 2007, o projecto Topten da Quercus integra 19 países europeus, tendo sido recentemente alargado aos EUA e à China.

Informação relacionada