Herdade das Servas patrocina edição de livro “A Evolução do Automóvel”

Author: Share:

No âmbito da sua política responsabilidade social, na vertente cultural, a Herdade das Servas – projecto da família Serrano Mira, uma das mais antigas na produção de vinho no Alentejo (em Estremoz) – apoia o lançamento e a edição do livro “A Evolução do Automóvel”, da autoria de José Miguel Mira, alentejano e filho de José Mira, proprietário de uma das maiores colecções de automóveis clássicos e antigos do país.

Esta é a primeira obra de José Miguel Mira, elaborada com base numa pesquisa de dois anos sobre a história do automóvel e uma selecção dos melhores automóveis da colecção do seu pai, que são revelados pela primeira vez em livro.

Um tablebook editado pela Contra a Corrente e limitado a 1000 exemplares numerados, que está já à venda por € 30,00, através do site da editora Contra a Corrente, da revista Topos & Clássicos, do Diário do Sul e da ACAP, em livrarias especializadas, nas 24 lojas do ACP e do Clube Português de Automóveis Antigos (Oeiras e Porto), bem como nos próximos encontros e exposições de automóveis clássicos (ex.: Algarve Classics, em Julho).

A edição deste livro não teria sido possível sem o apoio e patrocínio de diversas entidades e empresas, entre as quais a Herdade das Servas, que vai oferecer três exemplares desta obra, através de um passatempo a decorrer na sua página de Facebook, até 30 de Junho).

Mais informações sobre ‘A Evolução do Automóvel’

Um livro sobre a evolução do automóvel assente na fabulosa colecção de clássicos de José Mira e do seu filho, José Miguel Mira, o autor da obra. Trata-se de uma edição que engloba alguns dos cerca de oitenta modelos das mais variadas marcas e épocas.

O texto aborda diversas vertentes do mundo automóvel, da descoberta da utilização do vapor em engenhos e em máquinas, ao primeiro automóvel da História, passando pelo desenvolvimento do motor de combustão interna e dos veículos eléctricos. Com a produção de automóveis em série, iniciam-se os capítulos que cobrem as décadas de 1900 a 1980, bem como as corridas e as competições de automóveis. No capítulo das “curiosidades”, destaque para a recolha dos nomes de marcas mais estranhas do mundo automóvel e de diversos sistemas e equipamentos, caso dos pneus, radiadores, lanternas, buzinas, ar condicionado, auto-rádio e cintos de segurança.

A história dos logótipos, das marcas que existem ou existiram, não deixará de atrair os leitores. Os emblemas dos fabricantes de automóveis não são mais do que simples símbolos de identificação das marcas. A maioria deles tem embutido diversos aspectos da história da marca. Os primeiros fabricantes de automóveis não dispensavam um símbolo de identificação do modelo, seguindo uma tradição iniciada na Idade Média, como os brasões nobiliárquicos. Neste espaço, o autor apresenta não todos os emblemas, pois tal seria um trabalho quase impossível, mas alguns exemplos das origens e estórias dos emblemas de algumas marcas de automóveis, bem como as suas evoluções ao longo dos tempos.

Por último, surge o capítulo em que são apresentados alguns automóveis da colecção de José Mira, muitos dos quais inspiraram o autor para a elaboração deste livro. José Miguel Mira não tenciona descrever todos os veículos da colecção, mas apenas os mais marcantes, não só pelas suas histórias como também pela sua beleza, por vezes dando origem a verdadeiras obras de arte.

Pub

Informação relacionada