Portugal fecha europeu de Jetski com chave de ouro

Author: Share:

A Federação Portuguesa de Jetski, entidade promotora da actividade de Jetski em Portugal desde 12 de fevereiro de 1993, faz um balanço extremamente positivo da terceira e última fase do Campeonato da Europa (CE) de Jetski de 2012, que decorreu entre os passados dias 17 e 19 de agosto em Melk, na Áustria.

Para esta terceira prova, o selecionador nacional Miguel Valente convocou os pilotos Tiago Sousa, Mariana Pontes, Beatriz Curtinhal e Henrique Rosa Gomes, numa comitiva a que se juntaram ainda os pilotos André Barbosa e Sebastião Fragoso. Em termos globais, Melk assistiu a uma participação recorde de 170 pilotos, oriundos de mais de 20 países (Portugal, Lituânia, Reino Unido, Áustria, Itália, Suécia, Bélgica, Estónia, Noruega, Rússia, França, Suíça, Polónia, Republica Checa, Emirados Árabes Unidos, Alemanha, Sérvia, Dinamarca, Hungria, Holanda, E.U.A.).

Na última etapa do CE em Melk, que decorreu no dia 18 de agosto (sábado), foram disputadas as mangas de qualificação, bem como a primeira das três provas em competição. Os resultados foram bastante positivos para os pilotos portugueses presentes: Henrique Rosa Gomes foi segundo classificado na classe ski lite junior; Beatriz Curtinhal e Mariana Pontes obtiveram a terceira e quinta posição respetivamente na classe pro ladies; Tiago Sousa foi quatro na classe Pro GP; André Barbosa e Sebastião Fragoso ficaram em décimo segundo e decimo terceiro lugar, respetivamente.

Nesta fase final do CE, a seleção nacional obteve aquela que será a sua melhor classificação de sempre num europeu da modalidade. O principal destaque vai para o primeiro lugar de Tiago Sousa na classe rainha pro GP, que lhe valeu o título de campeão europeu, seguindo-se o primeiro lugar nesta prova de Beatriz Curtinhal, que arrecadou o título de vice campeã europeia, bem como a medalha de bronze de Mariana Pontes, ambas na principal classe feminina. Na classe júnior, é de sublinhar a vitória de Henrique Rosa Gomes e importante título obtido de vice-campeão europeu. De salientar ainda o quarto lugar final de Sebastião Fragoso em junior stock e a sexta posição de André Barbosa em junior lite.

Para o selecionador nacional, Miguel Valente, “estes resultados abrem excelentes perspetivas para Portugal no campeonato do Mundo, a decorrer no início de outubro em Lake Havasu, nos Estados Unidos da América”. De acordo com Paulo Rosa Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Jetski, “é extremamente importante angariar patrocínios para os excecionais pilotos da nossa grande família jetski, pois o que está em questão é levar o bom nome da modalidade e de Portugal além-fronteiras”. Para o homem forte da Federação, “sejam eles campeões ou não, o importante é motivar os pilotos e para isso precisamos de marcas com visão e que se interessem claramente por esta modalidade e por tudo o que a mesma traz a Portugal”. Paulo Rosa Gomes sublinha que “apesar de Portugal já ser conhecido no meio, são necessários mais apoios”, uma opinião partilhada entre a restante comitiva de membros da Federação que diariamente se esforçam para levar mais longe o nome de Portugal.

A Federação Portuguesa de Jetski, e por conseguinte a seleção nacional, tem vindo a participar no campeonato europeu desta modalidade ao longo do ano desportivo, tendo marcado presença nas três provas que se disputaram no âmbito deste campeonato: a primeira na Bélgica, em Maio; a segunda em Mirandela, em Julho; a terceira e última na Áustria, em agosto.

Recorde-se as classificações das duas anteriores provas do CE:

– Bélgica: Dos pilotos do norte de Portugal, Tiago Sousa classificou-se em terceiro lugar em ski-pro, Mariana Pontes em segundo em ski-ladies e André Barbosa em décimo segundo em ski-juniores; entre representantes da zona do centro, Beatriz Curtinhal ficou em quarto em ski-ladies, os irmãos Martin e Frederico Gallego classificaram-se em nono e décimo sexto lugares em ski-lite, respetivamente, Lourenço Gallego em nono em ski-limited e Sebastião Fragoso foi sexto em ski-stock e décimo quarto em ski-juniores; Henrique Rosa Gomes foi o melhor representante madeirense, tendo obtido o quinto lugar na classe ski-juniores e a oitava posição em ski-lite, ao passo que o piloto João Sousa ficou em sexto lugar na classe ski limited e os pilotos Marcos Correia e João Cardoso classificaram-se em nono e décimo terceiro lugares em ski-juniores, respetivamente.

– Mirandela: Beatriz Curtinhal classificou-se em terceiro em pro-am ski ladies limited; Henrique Gomes venceu em ski-juniores lites; Rui Sousa ocupou o terceiro lugar em expert ski GP; Tiago Sousa foi primeiro em ypro ski GP; David Prado conseguiu o 3º lugar em amateur freestyle.

Pub

Informação relacionada