Acesso móvel à Internet matou o Web Design

Author: Share:

A internet já não cabe só no ecrã de um computador. O acesso à internet através de dispositivos móveis duplicou nos últimos dois anos. A diversidade de equipamentos usados pelos internautas trouxe um novo desafio: a criação de conteúdos adaptáveis a multiplataformas, contrariando uma das principais tendências do Web Design dos últimos 15 anos de uniformizar a experiência de navegação na web. Este será um dos temas em destaque na Refresh LX, conferência destinada a Web Designers que reúne onze especialistas internacionais em Lisboa, no Centro de Reuniões na FIL, nos dias 20 e 21 de setembro.

Inserida na Lisbon Digital Week, conjunto de eventos dedicado à discussão dos principais temas do mundo digital que decorre entre 20 e 30 de setembro, a Refresh LX assinala o início da iniciativa.

A Refresh LX é uma conferência destinada a profissionais ligados ao design e desenvolvimento web, composta por palestras e workshops temáticos onde são apresentadas as principais tendências atuais do Web Design. A conferência proporciona aos 450 participantes de vários países uma atualização de curta duração que garante novas soluções para o trabalho diário, com base na partilha de experiência dos oradores.

Entre os temas abordados, destaca-se o desafio que o acesso multiplataforma coloca, ao impedir que o Web Designer controle a forma como o conteúdo é recebido pelo consumidor. Jeffrey Zeldman, um dos oradores convidados vê nesta mudança “o fim do Web Design”, aludindo à rutura com o paradigma de criação de conteúdos, defendendo a necessidade de uma programação adaptada aos diferentes pontos de acesso à web.

A importância de aceitar limites nos padrões de Web Design como garantia de uma experiência digital mais coerente será um ponto defendido por Simon Collison, enquanto Josh Clark revelará os sete mitos que condenam ao insucesso o design de dispositivos móveis. Entre os erros mais comuns destaca-se a disponibilização parcial de conteúdos móveis, defendendo o orador que o consumidor pretende acesso integral em qualquer plataforma.

No painel de convidados está ainda incluída a dupla Christopher Murphy e Nicklas Persson, “The Standardistas”, que irão discutir o passado e o presente da Tipografia.

O acesso à conferência tem um custo de 180 € (IVA não incluído) e de 195 € (IVA não incluído) por workshop.

Para Bruno Figueiredo, responsável pela organização da Refresh Lx, “Portugal está cada vez mais a reforçar as suas competências no panorama internacional de produção e desenvolvimento de sites a aplicações web. A Refresh LX procura reforçar essa tendência e oferecer formação de alto nível trazendo a Portugal as maiores referências mundiais do setor.”

Pub

Informação relacionada