Museu do Pão, em Seia, celebra o seu décimo aniversário

O Museu do Pão, em Seia, celebra o seu décimo aniversário e programa um ano cheio de iniciativas.

O projeto que nasceu com o objetivo de elevar o património, a história, os sabores e os saberes do Pão Português, nas suas vertentes etnográfica, política, social, história, religiosa e artística, surge integrado na paisagem exuberante da Serra da Estrela e compreende um complexo museológico de 3.500 m2, com diversas salas expositivas, um restaurante, um Bar-Biblioteca, uma Mercearia Antiga e um Atelier de Arte em Pão.

As comemorações vão-se estender ao longo do ano com um conjunto de iniciativas, entre as quais se destacam a renovação da nova ala pedagógica, a organização de uma exposição com uma retrospectiva histórica das várias iniciativas mais emblemáticas que o museu realizou ao longo destes 10 anos e a edição de um livro com o levantamento descritivo do espólio do Museu do Pão.

O ano de 2012 tem sido, aliás, marcante na história do museu, que não só celebrou o 10º aniversário, como também este ano já comemorou outro marco ao atingir um milhão de visitantes, o que é um motivo de orgulho para todos quantos trabalham nesta instituição.

O Complexo Museológico

O Museu do Pão dispõe de quatro salas expositivas que pretendem exibir e recriar as várias vertentes do pão português: “O Ciclo do Pão; “O Pão Político, Social e Religioso, “A Arte do Pão” e a “Sala Pedagógica – O Mundo Fantástico do Pão.

As atividades do Museu do Pão não se esgotam nas salas expositivas, pelo que desde a sua inauguração e até ao momento, o Museu do Pão, mostrou 18 Exposições Temporárias e realizou até à data 74 Tertúlias Culturais que têm como objetivo a troca de conhecimentos entre diferentes personalidades do panorama nacional, que demonstram interesse pela aprendizagem e partilha de opiniões e experiências, pretendendo conhecer o que de melhor tem a cultura portuguesa.

O Museu dispõe ainda de outras áreas de apoio complementares, como o Restaurante, que funciona como um verdadeiro centro de investigação gastronómica onde se redescobrem e se revalorizam os antigos sabores da terra portuguesa; o Bar-Biblioteca, onde se a realizam as já famosas Tertúlias Culturais, a Mercearia antiga, que comercializa os vários tipos de pão que o museu produz, para além de outras iguarias típicas regionais e o Atelier de Arte em Pão com peças em massa de pão.

+ sobre:
Museu do Pão

Pub