Régates Royales encerra Panerai Classic Yatchs Challenge 2012

Author: Share:

Depois de nove regatas realizadas em alguns dos mais emblemáticos locais do iatismo, o circuito líder de barcos clássicos chega ao fim da temporada na cidade de Cannes, com a “Régates Royales”, a etapa final do Panerai Classic Yachts Challenge 2012, que se realiza entre 22 e 29 de Setembro.

Esta última regata está envolvida de muito entusiasmo por se tratar da etapa decisiva para os vencedores da época das categorias Vintage, Classic e Big Boats. Este evento marca a conclusão do circuito apoiado pelo oitavo ano consecutivo pela Officine Panerai.

São esperados aproximadamente 120 barcos históricos na Cote d’Azur para a regata Régates Royales. Estes incluem a frota 40 Dragões, uma antiga classe olímpica constituída na Noruega há mais de oito décadas e ainda hoje muito popular entre os entusiastas da vela de todo o mundo. Estão programadas cinco corridas para a baía de Cannes entre terça-feira, dia 25 e sábado, dia 29 de Setembro. Em simultâneo, na vila localizada no Vieux Port realizam-se atividades culturais e de entretenimento para as centenas de profissionais e entusiastas presentes na regata.

O âmbito internacional da Régates Royales é reforçado pela presença de veleiros oriundos de mais de 15 nações diferentes e apresentados pelo mundo desde o século XIX até à última década. Todas as classes que marcaram a história do iatismo estão representadas, incluindo a majestosa J-Classe – superior a 30 metros – representada pelo veleiro Shamrock V, 1930 e a classe Internacional 12 e 15 metros que outrora representava os proprietários aristocráticos na épica America’s Cup e em regatas internacionais. A frota de cinco veleiros Pen Duicks, possuída por Eryc Tabarly, o velejador francês e herói perdido no mar em 1998, estará também reunida na Cote D’Azur depois de dois anos de ausência. Marcam presença também o cortador Marigold, construído em Inglaterra em 1892 e que celebra o 120.º aniversário e também Kelpie que assinala o 110º aniversário.

A história destes veleiros maravilhosos está também ligada aos anteriores e atuais proprietários. Avel (1896), por exemplo, pertence à família Gucci e o Moonbeam IV foi o veleiro escolhido pelo príncipe Rainier e pela princesa Grace do Mónaco para a lua-de-mel. Manitou, por outro lado, era conhecido como TFWH (The Floating White House), porque o presidente JF Kennedy manteve contacto constante com a equipa de Washington enquanto esteve de férias a bordo com a sua família. Outro dos iates clássicos é o Stella Polare, um veleiro da marinha italiana de dois mastros que fez história no evento do ano passado em Cannes ao ganhar o prémio geral da sua classe.

Apesar de Cannes encerrar o Panerai Classic Yachts Challenge deste ano, a temporada de vela clássica continua. Alguns dos veleiros presentes em Cannes, incluindo o Moonbean IV e o The Blue Peter (1930), estão a preparar-se para o Panerai Transat Classique 2012, que começa a 2 de Dezembro em Cascais e termina a 4000 milhas depois nos Barbados, no Caribe. O relógio de edição limitada criado pela Panerai para este evento vai estar em exposição pela primeira vez na Panerai Lounge durante as Régates Royales em Cannes.

+ sobre:
Officine Panerai

Informação relacionada