19 candidatos à recuperação da antiga estação CP de Mora

Author: Share:

A Câmara de Mora abriu um concurso público para a recuperação da antiga estação de caminho-de-ferro, tendo já recebido as candidaturas de 19 gabinetes de arquitectura.

O local, onde ficará instalada a sede da Estação Imagem, incluirá também o Arquivo Municipal e a Biblioteca, actualmente presentes na Casa da Cultura local, um centro de tratamento de fotografia e espaço para exposições, além do acervo daquela associação.

Até ao final do mês de Setembro, a edilidade irá decidir qual o gabinete vencedor de um projecto que representa num investimento global de 1,5 milhões de euros.

O objectivo do futuro espaço visa implantar um equipamento cultural que assuma uma função aglutinadora da população residente do concelho e que consiga captar o interesse de potenciais visitantes através de uma oferta lúdico-pedagógica inovadora, ancorada numa componente museológica sobre a História de Mora e suas gentes.

A Estação Imagem, assim designado o objecto deste concurso, pretende, também, corporizar a entidade com o mesmo nome que tem desenvolvido a sua actividade no campo da fotografia, conferindo-lhe condições para promover novas iniciativas e consolidar os desígnios para si estabelecidos.

Para a edilidade, a aposta visa fomentar o crescimento cultural da população que serve; captar novos visitantes e motivar o seu regresso; promover o desenvolvimento do concelho de Mora; divulgar o passado de Mora e projectar o seu futuro, nas suas várias dimensões; e requalificar os edifícios da antiga Estação de Mora, devolvendo-os às pessoas que outrora serviram, e valorize uma estrutura urbana pouco qualificada.

A Estação Imagem será constituída por diversas áreas, sendo a principal uma exposição visitável (área estimada – 200m²) sobre a história de Mora e das suas gentes o espólio relativo à presença humana neste território ao longo dos tempos, desde a pré-história até à actualidade, integrando, num conceito expositivo inovador, as peças existentes com conteúdos multimédia e soluções técnicas e arquitectónicas que tornem a visita a este espaço uma experiência sensorial única e adequada a todas as faixas etárias.

O futuro equipamento incluirá Biblioteca/ Átrio de Entrada (área estimada – 150m²), destinado à consulta da colecção bibliográfica da edilidade e de alguns periódicos. A sala de leitura (80m²) deve estar acoplada ao átrio de entrada (por forma a optimizar os recursos humanos) e a um espaço público de acesso à internet.

Uma exposição temporária (área estimada – 80m²) também está contemplada, numa zona ampla preparada para acolher mostras temporárias de carácter artístico eminentemente visual, cuja base programática estará fundada numa profunda inter-relação com a Estação Imagem.

A sede da associação Estação Imagem (área estimada – 80m²) estará naturalmente aqui. Trata-se de uma entidade que desenvolve actividade no campo da fotografia mas que pode, futuramente, evoluir para outros domínios das artes audiovisuais. Seria o aglomerante da estrutura que herda o seu nome. Para o funcionamento deste projecto prevê-se a utilização exclusiva de um espaço para reuniões e serviços administrativos, uma sala de trabalho/formação e um arquivo fotográfico onde se reunirá o legado dos concursos, passados e futuros, promovidos pela Estação Imagem.

Uma sala Polivalente (área estimada – 60m²), instalações Sanitárias/ Técnicas/ Sociais (área estimada – 50m²) e ajardinamento exterior completam o concurso ainda em vigor.

Recorde-se que a autarquia de Mora está a investir este ano sete milhões de euros em obras municipais.

+ sobre:
Câmara Municipal de Mora

Pub

Informação relacionada