Serva la Bari apresenta-se no Outubro Mês da Música

Author: Share:

O Outubro Mês da Música, iniciativa cultural organizada pelo Município de Reguengos de Monsaraz, propõe no sábado, dia 13 de outubro, às 21h30, no Auditório Municipal, o espetáculo “Aires Flamencos”, com o grupo de flamenco e sevilhanas Serva la Bari. No domingo, às 17h, no Coreto do Parque da Cidade, realiza-se um concerto com o Quarteto de Trombones da Banda Simão da Veiga, da Casa do Povo de Lavre.

Serva la Bari é um grupo de Sevilha formado em 1999 por Joaquín Moreno (cante), Francisco Morales (considerado um dos melhores guitarristas de flamenco da atualidade) e Carlos Mil-Homens (percussão), músico natural do concelho de Vila Viçosa mas radicado em Espanha. No espetáculo em Reguengos de Monsaraz atuam também os bailarinos El Maleno e Sofia Abraços.

No sábado, os espetadores poderão apreciar diversos estilos de flamenco “palos”, como Rosas y Alegrías, de la família de las Cantiñas, Tientos-Tangos, Cartagenera del piñana, Granadina y media Granadina, Soleá por Bulerías, Fandangos, Bulerías, entre outros. Considerado um dos melhores grupos de flamenco do mundo, Serva la Bari tem como objetivo divulgar a arte e a cultura flamenca.

No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Música que a Direção Regional de Cultura do Alentejo está a promover este mês, realiza-se no domingo um concerto com o Quarteto de Trombones da Banda Simão da Veiga. Constituída por três trombones tenores e por um trombone baixo, esta versátil formação da música de câmara vai interpretar sucessos de diversos géneros musicais, do ligeiro ao jazz.

O Outubro Mês da Música continua no dia 20 de outubro, às 21h30, no Auditório Municipal, com o espetáculo “Gentes da Minha Terra”, pela Companhia de Dança Contemporânea de Évora. A partir de fados de Amália Rodrigues foi criado um bailado em sua homenagem, pleno de lirismo e de imagens oníricas.

A fechar o Outubro Mês da Música realiza-se no dia 27 de outubro, às 21h30, no Auditório Municipal, o concerto com a Banda e o Coro Polifónico da Sociedade Filarmónica Corvalense. Os espetáculos “Aires Flamencos” e “Gentes da Minha Terra” são financiados pelo projeto TEIAS – Rede Cultural do Alentejo.

+ sobre:
Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz

Pub

Informação relacionada