Portugueses são os que menos viajam para fora do país

Author: Share:

O Observador Cetelem 2012 procurou saber com que frequência as classes médias europeias vão de férias e de fim-de-semana para fora do país. Entre os países da Europa Ocidental, Portugal surge com a menor frequência. 16% dos portugueses afirmam que viajam para fora do país faz pelo menos uma vez por ano, quando a média europeia se situa nos 24%.

Relativamente ao número de vezes em que viajam “para fora cá dentro”, os portugueses acompanham a tendência da classe média da Europa Ocidental – 65% dos inquiridos em Portugal afirma que o faz pelo uma vez por ano, comparativamente com uma média europeia que se situa nos 68%. 20% dos portugueses chega a revelar que o faz mais do que duas vezes por ano.

Nesta análise do Observador Cetelem destaca-se ainda o caso específico da Alemanha, os que mais viajam para o estrangeiro (35%) e os que menos passeiam dentro do próprio país (55%).

«Podemos dizer que a classe média atual possui o “sonho das viagens”. È uma tendência que foi surgindo com a melhoria das condições de trabalho, nomeadamente da limitação do horário. Temos assistido a um aumento massivo das saídas em fins-de-semana prolongados, no território ou no estrangeiro. As infraestruturas rodoviárias, ferroviárias e aéreas melhoraram consideravelmente em toda a Europa, e a Internet facilitou entretanto os processos de reserva. Se juntarmos a isto, a chegada recente das companhias low-cost na Europa e o aumento da acessibilidade aos voos de longo curso e às férias mais baratas (parques de campismo, clubes, etc.), compreendemos melhor que a classe média viaje não só mais do que a geração anterior, mas também com mais frequência para o estrangeiro», afirma Diogo Lopes Pereira, diretor de Marketing do Cetelem.

Pub

Informação relacionada