Rock in Rio está de volta ao Brasil e anuncia grandes bandas

Author: Share:

Um grande evento no Monumento do Santuário do Cristo Redentor apresentou o regresso do Rock in Rio ao Brasil nos dias 13, 14, 15, 19, 20, 21 e 22 de setembro de 2013. A organização anunciou também três grandes nomes para a próxima edição: Bruce Springsteen, Metallica e Iron Maiden!

Um grande evento no Monumento do Santuário do Cristo Redentor, no Parque Nacional da Tijuca, apresentou ontem ao fim do dia o regresso do maior evento de música e entretenimento do mundo ao Brasil. A organização anunciou também três grandes nomes para a próxima edição: Bruce Springsteen, Metallica e Iron Maiden.

A ação, que teve a participação da Orquestra Sinfónica Brasileira; Frejat; Dinho Ouro Preto; Rogério Flausino; Samuel Rosa, Henrique Portugal, Lelo Zaneti e Haroldo Ferreti — elementos dos Skank; Sérgio Brito, Branco Melo e Toni Beloto, dos Titãs; Di Ferrero e Gee — dos NX Zero; Toni Garrido, Ivan Lins, Renegado e Gogol Bordello, artistas amigos do evento que não estão necessariamente confirmados para atuar na próxima edição; além de Roberto Medina, o Prefeito Eduardo Paes e Andrea Pinotti, diretora de Marketing Institucional do Itaú Unibanco, contou com o apoio da Arquidiocese do Rio de Janeiro, com as boas-vindas dadas pelo Padre Omar. A quinta edição do Rock in Rio Brasil tem início no dia 13 de setembro de 2013. Serão sete dias (13, 14, 15, 19, 20, 21 e 22 de setembro de 2013) de muita música e festa na Cidade do Rock (Parque dos Atletas — Av. Salvador Allende, s/n).

O evento regressa ao Brasil depois de passar mais uma vez por Lisboa e Madrid, obtendo resultados expressivos. Lisboa, por exemplo, mesmo em ano de crise, registou um maior número de público do que em anteriores edições portuguesas, recebendo 353 mil pessoas em cinco dias de evento. As duas edições geraram 17 mil empregos e mais de 15 mil notícias nos principais meios de comunicação. No Brasil não será diferente. A expectativa é que 595 mil pessoas estejam presentes ao longo dos sete dias de festa. Nesta edição, o evento trabalhará com capacidade máxima de 85 mil pessoas por dia.

“Tivemos, em 2011, uma enorme aprovação do público segundo a pesquisa realizada pelo Ibope. Não há melhor forma de retribuir senão fazendo um grande evento à altura dos fãs do Rock in Rio. Por isso, estamos a trabalhar a todo vapor para que a edição de 2013 seja ainda mais inesquecível para todos”, ressaltou Roberto Medina, referindo-se ao público e às marcas presentes na Cidade do Rock.

Durante o evento no Monumento do Santuário do Cristo Redentor, Roberto Medina reforçou que o Rock in Rio é um gigantesco projeto de comunicação, que aproxima grandes marcas do seu público. E confirmou a venda de todas as cotas de patrocínio, sendo uma principal (Itaú Unibanco) e seis de patrocinadores (Coca-Cola, Heineken, Volkswagen, Oi, Trident e Club Social). Com estas, cerca de 70 marcas estarão envolvidas no evento.

O Rock in Rio vive um momento diferente no qual a marca ultrapassa fronteiras e ganha novos palcos, com a estreia no teatro de “Rock in Rio – O Musical”, prevista para final de novembro de 2011, e como samba-enredo da Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel. Durante a conferência de imprensa foi apresentado o samba-enredo vencedor de uma votação realizada online. O casal de mestre-sala e porta-bandeira da escola, Squel Jorgea e Feliciano Junior, e 15 integrantes da bateria comandados pelo coordenador Andrezinho Silva mostraram um pouco do que poderá ser visto na Marquês de Sapucaí no Carnaval do próximo ano.

“O regresso do Rock in Rio ao calendário de eventos da cidade faz parte da transformação que o Rio está a viver nos últimos anos. Se em 2011 foi um marco, tenho a certeza que em 2013 o seu sucesso será ainda mais grandioso e a imagem do Rio como cidade acolhedora, alegre e capaz de sediar com excelência grandes eventos continuará a expandir-se por todo o mundo. Assim como o Carnaval, o Rock in Rio expressa a alma carioca. É mais do que um simples festival, é uma festa com a cara da nossa Cidade Maravilhosa!”, reforçou Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro.

Em 2011, o Rock in Rio vendeu 700 mil bilhetes (capacidade máxima do evento) em 15 dias. Uma pesquisa realizada pelo IBOPE (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística) ao longo do primeiro fim de semana do festival refletiu o sucesso absoluto do evento: 89% do público presente afirmou que regressará em novas edições.

A Cidade do Rock abrirá diariamente as portas às 14h com dezenas de atrações na Rock Street, que desta vez será inspirada na Grã Bretanha e na Irlanda; e encontros inusitados no Palco Sunset, nesta edição ainda maior. À noite, a partir das 18h30, grandes nomes brasileiros e internacionais apresentam-se no Palco Mundo e para fechar o espetáculo, a Eletrónica levará os principais DJ’s da atualidade a atuar até de madrugada. Além disso, a organização do Rock in Rio traz para o Brasil pela primeira vez a Street Dance, um palco onde serão realizados encontros de grupos de dança de rua. Há ainda a roda-gigante, montanha-russa, slide e um shopping com 49 lojas, que dão ao espaço o clima de um parque de diversões para todas as idades.

+ sobre:
Rock in Rio

Pub

Informação relacionada