Restaurante Terraço acolhe os sabores do extremo oriente

Author: Share:

Os exóticos aromas e sabores do Extremo Oriente enchem o Restaurante Terraço para uma semana única de Gastronomia Cantonesa, entre 25 de Outubro e 4 de Novembro de 2012, o ano marcado pela presença do dragão, a figura mítica mais significativa para o povo chinês.

Para garantir a autenticidade e riqueza dos pratos servidos durante esta semana, o Tivoli Lisboa, em parceria com a Air France KLM, traz a Lisboa 5 reputados Chefs de cozinha chinesa: Pedro Sou, do restaurante L´Arc Macau, Oi Man Ho, do hotel StarWorld, Wai Chun Lei do famoso parque temático Macau Fisherman’s Wharf, Chi Fun Cheong, do complexo turístico City of Dreams Macau, e Wai Kuong Lei do restaurante L´Arc Chinese. Todos eles com anos de experiência na cozinha de hotéis e restaurantes locais, assim como diversos prémios regionais no curriculum.

Para conhecer o melhor da gastronomia Cantonesa, ao almoço, os clientes podem experimentar variados sabores num buffet composto por exóticas iguarias, nas quais se destacam bolinhos de camarão e crepes chineses ao estilo Guangdong, beringela ao vapor com molho de gergelim, pato assado com Taro, frango à macaense, arroz envolto em folhas de lótus, camarões com molho de ameixa e vinho Shaoxing.

Ao jantar, o menu a la carte inclui, entre outras opções, sopa de peixe picado em estilo Shunde, o camarão com molho malaio e a sopa doce com algas e feijão-verde. Como acompanhamento perfeito, os chefs sugerem chá de amêndoa e clara de ovo.

“Esta é uma iniciativa que há muito tempo tentamos trazer para o Tivoli Lisboa. A Semana de Gastronomia Cantonesa vai com toda a certeza proporcionar uma experiência inesquecível aos nossos clientes. Será uma excelente oportunidade para todos os que desejam provar a autêntica gastronomia chinesa, afirma Rui de Sousa, Director Geral do hotel.

Embora com uma base comum, é possível separar a gastronomia chinesa em quatro grandes regiões, sendo a de Cantão (Guangdong) a mais conhecida devido à sua riqueza e diversidade. Essa diversidade deve-se a um facto histórico, a queda da dinastia Ming, em 1644, quando a emigração para o sul foi geral. Os famosos cozinheiros de Pequim e os seus equipamentos de cozinha, do palácio imperial, fizeram uma longa marcha. Ao longo do seu percurso recolheram as receitas dos grandes pratos das cozinhas dos mandarins das províncias, que assim ficaram incorporados na cozinha cantonesa.

Semana de Gastronomia Cantonesa:
Almoço: buffet – 25€ por pessoa (bebidas não incluídas)
Jantar: à carta

Pub

Informação relacionada