Quinta do Vallado surpreende com um Porto centenário

Author: Share:

O novo Porto do produtor duriense reforça a estratégia da marca no segmento dos vinhos do Porto, orientada para a criação de produtos de qualidade superior. Depois de conquistar Portugal e o mundo com os seus vinhos de mesa, com os Portos Vintage e Tawnies 10, 20, 30 e 40 anos, a Quinta do Vallado lança agora um vinho de extrema raridade, apresentado num formato que vai de encontro ao seu elevado nível de excelência.

O Adelaide Tributa é um dos mais exclusivos vinhos do Porto no mercado. Produzido em 1866, foi engarrafado numa série limitada de 1300 decanters originais de cristal, devidamente numerados e embalados numa caixa de madeira desenhada pelo Arquitecto Francisco Viera de Campos, inspirada na nova cave de barricas da Quinta do Vallado. Destina-se a um público muito especial, numa gama de preço na qual só os grandes vinhos do mundo se conseguem posicionar.

O objectivo da Quinta do Vallado, no segmento dos vinhos do Porto, é apresentar uma gama completa de referências numa escala onde se encontram os vinhos de topo, aproveitando o forte prestígio mundial que este vinho tem.

Para João Álvares Ribeiro, Administrador da Quinta do Vallado, “o vinho do Porto é um dos vinhos de maior reconhecimento internacional e, em algumas categorias, um dos mais prestigiados do mundo. No entanto, é um produto ‘maduro’, cuja imagem deve ser preservada com imaginação e empenho, para garantir o seu futuro”. Daí a aposta num produto de extrema raridade para reforçar este segmento: um vinho do Porto produzido em 1866, a partir de vinhas pré-filoxéricas.

Nome – Adelaide Tributa

O nome escolhido é uma homenagem a D. Antónia Adelaide Ferreira – a mítica Ferreirinha – tetra-avó dos actuais administradores da Quinta do Vallado. A ética que ela impôs na cultura da empresa familiar e o exemplo que foi para todo o Douro, são hoje em dia a grande inspiração da nova geração da família Ferreira, para quem “o lançamento de um vinho desta raridade e com este peso histórico, feito ainda durante a sua vida, é uma oportunidade imperdível de a homenagear no seu bicentenário”.

Packaging com assinatura Francisco Vieira de Campos

A embalagem do Adelaide Tributa foi desenhada com base no projecto da cave de barricas, cujo interior se assemelha a um túnel e o exterior a um paralelepípedo, para além de ser revestida por barras de xisto, material predominante no solo do Vale do Douro. O seu autor, o Arquitecto Francisco Vieira de Campos, abraçou com orgulho este que é, segundo palavras do próprio, “um dos mais entusiasmantes projectos enológicos dos tempos recentes”.

Mais que um vinho raro, Adelaide Tributa é o testemunho de uma época que já vai longe. É, além disso, a prova de que é possível recuperar, com qualidade, o saber fazer dos tempos antigos e a História de uma das mais belas e produtivas regiões do nosso país. Mais uma vez, a Quinta do Vallado resgata a Tradição, trazendo-a à luz da Modernidade, para fazer as delícias e honrar todos os amantes e coleccionadores do Universo vínico.

Pub

Informação relacionada