Portugal é o primeiro país a exportar a troika

Author: Share:

“Vem aí a Troika!”, o jogo de tabuleiro cujo objectivo é criar uma teia de influências, vencer eleições e colocar o máximo de dinheiro possível em paraísos fiscais (offshores) chega este mês aos mercados espanhol e grego, naquela que é a primeira exportação da troika.

Criado pela portuguesa Tabletip Games, o jogo chega a Espanha numa primeira edição de três mil exemplares e à Grécia, com números semelhantes, prevendo a empresa nacional mais edições a curto prazo, antevendo um sucesso igual ao que aconteceu este ano em Portugal.

Trata-se de uma obra de ficção, passada em países chamados Españistán e Angeladistan onde existem líderes corruptos e incompetentes, interesses financeiros obscuros e grupos de influência que se estão nas tintas para o país, provocando a bancarrota do Estado e a vinda da Troika.

A empresa avisa claramente que qualquer semelhança com factos, entidades ou pessoas reais é mera coincidência.

O jogo é uma sátira da dinâmica de poder, pressão e influência, que dominam a vida de uma sociedade democrática. Cada jogador representa um mais ou menos obscuro grupo de interesses que através de manipulação política, social e económica, tenta ganhar poder, votos e dinheiro.

Disponível a partir de Dezembro em Espanha e na Grécia, as adaptações do jogo “Vem Aí a Troika!” aos mercados grego e espanhol, são as primeiras exportações da Tabletip Games.

Em Espanha, a empresa trabalhou com os designers da Piu Con Jocs (Jordi Gené e Gregório Morales), e os ilustradores Nuno Saraiva, Vasco Gargalo e Kap, para adaptar o jogo, sendo a editora em Espanha a Devir Ibérica.

Na Grécia, o jogo foi adaptado com a colaboração da CDC, que assegura a promoção e distribuição do jogo, ilustrado pelo Nuno Saraiva, Dimitris Georgopalis e Dusan Reljic.

Se qualquer português pode levar o país à falência, agora também os espanhóis e os gregos o podem fazer que alguém há-de pagar…

Ficha técnica:
Autores / Game Design:Carlos Mesquita e Pedro A. Santos
Desenvolvimento: Carlos Mesquita, André Pereira, Pedro A. Santos, Marco Vala, Filipe Preto
Adaptação – edição espanhola: Jordi Gené e Gregório Morales (Piu Com Jocs)
Adaptação – edição grega – CDC
Design Gráfico: Filipe Preto
Ilustrações – edição espanhola – Kap, Nuno Saraiva, Vasco Gargalo
Ilustrações – edição grega – Dimitris Georgopalis, Dusan Reljic, Nuno Saraiva, Vasco Gargalo Preto.

Pub

Informação relacionada