The Astroturism Society nasce em Évora

Author: Share:

Uma nova organização dedicada ao astroturismo, a «The Astroturism Society» nasceu ontem em Évora pela mão de Apolónia Rodrigues e Eduardo Fayos-Solà, contando ainda com mentores de várias áreas científicas tais como Miguel Claro, Áurea Rodrigues, João Passos, Arturo Crosby, Raul Lima, José Nuno Sampaio e Fábio Silva.

Esta organização terá como parceiros para o desenvolvimento das suas actividades os destinos, os empresários e o meio académico que estejam directa ou indirectamente ligados ao Astroturismo. Pretende-se assim contribuir para o enriquecimento e aprofundamento da ligação Turismo e Ciência.

Com sede em Portugal, a «The Astrotourism Society» é de âmbito internacional e tem como missão fomentar o aprofundar do conhecimento e a componente emocional da ciência utilizando o Turismo como instrumento. O Astroturismo permite fazer esta ligação e aproxima a ciência do público tornando-a mais acessível, mais experiencial. Na verdade astronomia e civilização têm estado sempre interligados, mesmo nas actividades do dia-a-dia. Por exemplo, as sociedades nómadas transitaram para sedentárias com o desenvolvimento da agricultura, e esta é impossível sem o conhecimento das estações e de como estas afectavam as culturas. E é aqui que entra a Astronomia. O Megalitismo, as pirâmides do Egipto e as cidades Maias são também um testemunho deste facto.

Portugal foi escolhido para lançar esta organização dado o reconhecimento que já obteve pela comunidade científica na área da Astronomia e Astrofísica, bem como na área do Turismo concretamente com o Programa Dark Sky Alqueva, neste momento nomeado para o Prémio Ulysses da Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas e considerado pela Comissão Europeia, caso de inovação e boas práticas.

Saiba mais sobre:

Pub

Informação relacionada