Um Abraço de Papel a Monte Velho

Author: Share:

O Esporão lançou o desafio, a artista aceitou e o papel tomou forma. Assim se cria uma nova ligação entre a simplicidade de um gesto, o abraço, e a origem do Monte Velho.

A simplicidade de um gesto, como o abraço, ganha novos contornos pela mão de Filipa Pais Rodrigues, designer de papel. O papel dá forma ao abraço que envolve o vinho, Monte Velho, criando assim uma intima ligação entre ambos. O ato sedutor de oferecer um vinho com um gesto de companheirismo é assim enfatizado com Um Abraço de Papel.

O ponto de partida foi o Alentejo, a Herdade do Esporão e naturalmente o Monte Velho. A partilha de atributos está à vista. A linguagem gráfica, cromática e iconográfica remete-nos para as origens do vinho e do papel, em paralelo, sublinhando a elegância, a simplicidade, e ao mesmo tempo, a informalidade destes produtos.

A azinheira, tão característica nas planícies do Alentejo e na Herdade do Esporão, revela-se neste projecto através de duas abordagens: uma silhueta recortada no Abraço de Papel, que dá lugar a uma ausência deste material com a forma desta árvore, por onde se deixam descobrir as castas inscritas nos rótulos das garrafas de Monte Velho, tinto e branco, abraçadas pelo papel, e ainda, uma maqueta de cartão de média dimensão, criada pela mão da designer, que nos transporta para os elementos da terra, concebida para decorar a montra da Galeria Abraço.

Um Abraço de Papel a Monte velho é um projecto de assinatura, com o valor do gesto que lhe está implícito, apenas disponível para venda ao público até ao final do ano de 2013, na Galeria da Abraço, junto ao Martim Moniz. Este espaço dá atualmente lugar ao atelier ao vivo de Filipa Pais Rodrigues e onde estão expostos alguns dos seus trabalhos.

Tabela de Preços – Um Abraço de Papel a Monte Velho

Monte Velho Branco 750 ml:6,30€

Monte Velho Tinto 750 ml: 6,80€

Magnum Monte Velho Tinto 1,5 Lt: 12,60€

Parte das receitas deste projecto revertem a favor da Associação Abraço.

Pub

Informação relacionada