“As peças de que os livros falam” no Museu do Oriente

Author: Share:

O Museu do Oriente propõe iniciar o novo ano com mais hábitos de leitura e convida os visitantes a marcar encontro com as peças da coleção, para ilustrar enredos, contextos e histórias de alguns livros que dão a conhecer o Oriente. A iniciativa ‘As peças de que os livros falam’, dirigida a um público adulto, decorre de 17 de janeiro a 28 de março, das 20h00 às 21h00.

Os dias 17 ou 31 janeiro são dedicados ao Silêncio de Shusaku Endo – marcação até 13 de janeiro (1ª sessão) ou 27 de janeiro (2ª sessão). A 14 ou 28 fevereiro é abordado o livro As Maçãs Azuis, Portugal e Goa 1948-1961 de Édila Gaitonde – marcação até 10 de fevereiro (1ª sessão) ou 24 de fevereiro (2ª sessão). Finalmente, nos dias 14 ou 28 março chega a vez dos Cisnes Selvagens – Três Filhas da China de Jung Chang – marcação até 10 de março (1ª sessão) ou 24 de março (2ª sessão).

O preço por participante é de três euros e exige um mínimo de dez pessoas e um máximo de 15.

Pub

Informação relacionada