Rui Patrício entrega óculos graduados a crianças

Author: Share:

O GrupoOptivisão em parceria com a Fundação Sporting, Fundação Aragão Pinto e com o guarda-redes Rui Patrício entregaram na loja Optivisão do Atrium Saldanha, óculos graduados a crianças carenciadas.

Esta ação nasce no âmbito da responsabilidade social do Grupo Optivisão que, em colaboração com a Fundação Sporting, promoveu rastreios visuais junto das crianças abrangidas pela missão da Fundação Aragão Pinto, no Bairro da Quinta do Lavrado, nas Olaias, comprometendo-se a assegurar todo o processo de acompanhamento pós-rastreio, através de consultas e da oferta das armações e lentes a cada criança que apresentasse dificuldades visuais.

O guarda-redes leonino, Rui Patrício, foi, assim, o escolhido para assinalar o momento da entrega, através de um lanche, com sessão de autógrafos, onde o entusiasmo de todos os petizes foi evidente, não só pela entrega dos óculos, como também por terem a oportunidade de conviver com um dos seus grandes ídolos.

Rui Patrício celebrou com as crianças e demonstrou o agrado por participar neste tipo de ações. «É sempre um motivo de orgulho participar nestas ações de solidariedade, sobretudo com crianças que necessitam de ajuda (…) Espero que assim continue, pois se todos ajudarmos as coisas tornam-se mais fáceis.», afirmou o guardião do Sporting Clube de Portugal.

Esta é uma prática regular no Grupo Optivisão que, para além da avaliação da saúde visual, alerta para a importância dos cuidados com os olhos, como forma de prevenir doenças da visão e contribuir para o seu bem-estar e um quotidiano com maior qualidade.

De acordo com dados dos especialistas, cerca 20% das crianças têm problemas de visão que interferem com rendimento escolar, que podem ser minimizados e até evitados com rastreios e acompanhamento regulares.

Em relação a este encontro, Maria Adelaide, responsável do grupo Optivisão, acrescenta também «Quisemos dar uma melhor visão do mundo que rodeia a estas crianças. Sentimos que a nossa missão foi cumprida do melhor modo, proporcionando-lhes também um momento inesquecível, como o de conviver com o jogador Rui Patrício e que pôde ser visto e recordado com “outros olhos”.»

Num total de 25 crianças que realizaram o rastreio, 12 demonstraram necessidade de utilizar óculos graduados.

Informação relacionada