L’Eau d’Issey: agora, uma fragrância clássica

Author: Share:

Quando Issey Miyake criou a sua primeira fragrância, L’Eau D’Issey, em 1992, apanhou o mundo de surpresa com a pureza e a clareza da sua abordagem. Ao usar a água como o componente central da sua criação, Issey provocou espanto, sobretudo porque coincidiu com o momento em que as principais inebriantes fragrâncias orientais conquistavam o palco central.

Criada por um designer japonês e produto de uma cultura para a qual a fragrância deve ser sempre o mais discreta possível, L’Eau D’Issey desafia as convenções, impondo o seu próprio estilo. Paradoxal na transparência e delicadeza das suas essências, caracteriza-se por um aroma distinto com uma presença excecional e uma assinatura que é inesquecível e inesperada, como uma pirueta semântica sobre a ideia de uma fragrância chamada “Água”. A fragrância composta por Jacques Cavallier é uma cascata olfativa de emoções, cheia de surpresas e audácia. Rompendo com as tendências da época, L’Eau D’Issey tornou-se num clássico no mundo da perfumaria. Surpreendente ontem… totalmente natural hoje.

Pub

Informação relacionada