Wetruck permite poupança de 6000 euros em combustível por ano

Projeto visa diminuir os gastos com combustível e a emissão de CO2 de camiões frigoríficos pesados e médios

A 2bpartner, sociedade de capital de risco do grupo dst, investiu através da Addvolt no projeto Wetruck-Empower Trucks, que permitirá às empresas que utilizam camiões frigoríficos uma poupança de combustível que ronda os 6.000 euros por ano.

Estima-se que a utilização deste sistema permita uma poupança de 6.000 euros/ano em combustível, cerca de 87% do total gasto no arrefecimento da carroçaria frigorífica. A solução Wetruck permite ainda a diminuição do ruído e redução dos custos de manutenção aumentando o tempo de vida dos componentes dos veículos. Neste momento, a Addvolt para além de estar a participar no programa de aceleração CMU InRes, está a realizar um teste piloto, em parceria com uma empresa do setor dos transportes, sendo que o produto deverá entrar em produção, à escala industrial, no final de 2015, para ser lançado no mercado no início de 2016.

Vencedor do prémio IUP25K e do Startup Pitch Day da UPTEC, este projeto visa o desenvolvimento de ideias tendentes à diminuição de gastos com combustíveis e, consequentemente, para a redução de emissões de CO2 de camiões frigoríficos pesados e médios de corpo rígido. A solução apresentada centra-se num dispositivo portátil não evasivo, que aproveita/recupera a energia normalmente desperdiçada nas travagens para abastecer os sistemas complementares do camião. Adicionalmente, podem ser colocados painéis fotovoltaicos no topo do camião, podendo este produzir e acumular energia mesmo quando parado.

Para Joao Matos, CEO da 2bPartner, este investimento na Addvolt “é o reflexo do aprofundamento dos princípios que norteiam a atividade da 2bpartner, com a aposta em projetos de evidente potencial de mercado”. “Com a 2bpartner mostramos que estamos atentos ao que de melhor se vai fazendo em termos de empreendedorismo no nosso país, fornecendo as indispensáveis ferramentas iniciais para um arranque de sucesso”, concluiu.

Pub