Quinta da Alorna sugere a companhia ideal para esta quadra natalícia

A pensar nas prendas de Natal e nos jantares e almoços de família habituais desta época, a Quinta da Alorna apresenta a sua seleção de vinhos que prometem tornar esta quadra natalícia memorável.

O Marquesa de Alorna Grande Reserva Tinto 2011 (Preço Médio 20€), um vinho topo de gama DOC do Tejo, é uma das propostas da Quinta da Alorna. A boa integração dos frutos como a amora e a framboesa com o toque perfumado sugerindo flores silvestres, associam-se às notas de especiarias, chocolate e dos tostados da madeira nova, o que faz deste vinho a companhia ideal para as carnes de forno e carnes vermelhas condimentadas.

Também, o Quinta da Alorna Reserva Tinto 2011 (Preço Médio 5,50€) é uma das propostas de excelência para acompanhar pratos de cabrito, borrego e outras carnes condimentadas. Feito das castas Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon apresenta-se com um intenso aroma a violetas e groselha madura da Touriga, com especiarias próprias do Cabernet e complexidade dada pelo estágio em madeira. O Quinta da Alorna Reserva Tinto 2011 está também disponível numa edição especial em formato magnum (Preço Médio 16€). Esta edição pensada para os encontros familiares é vendida numa caixa especial em madeira.

E que tal um branco de inverno para acompanhar o bacalhau da Consoada? O Marquesa de Alorna Reserva Branco 2012 (Preço Médio 15€), DOC do Tejo, é a melhor proposta, destacando-se o aroma perfumado onde predominam notas de fruta amarela muito madura, evidenciando-se o pêssego e a nêspera. A baunilha discreta transmitida pelo carvalho francês, completa o bouquet de aromas. Pela perfeita fusão entre a riqueza aromática, untuosidade e acidez, este vinho acompanha na perfeição peixes de forno, pratos tradicionais mediterrânicos com ervas ou carnes brancas.

Como o Natal é uma época que se quer doce, a Quinta da Alorna sugere o seu famoso Colheita Tardia, um vinho doce que é produzido cuidadosamente com as uvas sobremaduras. Quinta da Alorna Colheita Tardia Tinto 2010 (Preço Médio 13€), e Branco 2011 (Preço Médio 13€), são ideais para servir como aperitivo ou para acompanhar doces, entre outras iguarias típicas do Natal.

Recomendado para si

Marisco reinventa-se na nova carta do Quiosque Ribadouro O Quiosque Ribadouro, espaço que pertence à Cervejaria Ribadouro, começa o Outono com grandes novidades que passam não só pela carta como também pelo ...
Oliveira da Serra regressa com uma edição especial o Melhor ... Oliveira da Serra regressa com uma edição especial o Melhor Azeite do Mundo, produto que surge depois da marca ser reconhecida com a mais alta distinç...
“A Cerveja em Lisboa” vai ter a sua segunda ediç... A Cerveja em Lisboa vai ter a sua segunda edição no Campo Pequeno, de 4 a 7 de Outubro de 2018. Com um conceito ao estilo do Oktoberfest alemão, o ev...
Tarte de Amêndoa e Figo chega em exclusivo ao El Corte Inglé... A amêndoa voltou a sonhar, com alguém com quem sempre partilhou bons momentos: o figo. E, assim, nasceu a mais nova criação de A TARTE por considerar ...
Garrafeira Nacional distinguida pelo município de Lisboa A Garrafeira Nacional, uma das mais antigas garrafeiras do país, foi reconhecida como “Loja com História”. A distinção atribuída pela Câmara Municipal...
O Ilha chegou para redescobrir a Madeira Foi lançado ontem, na Garrafeira Nacional, o vinho Ilha, uma trilogia de vinhos criada a partir de uma única casta, a Tinta Negra. A autora desta cria...