Chef Miguel Laffan recebe prémio da Academia Portuguesa de Gastronomia

Author: Share:

O Chef Miguel Laffan, Chef Executivo do restaurante L’And, no L’AND Vineyards Resort, em Montemor-O-Novo, recebeu esta tarde a distinção “Arte da Cozinha” da Academia Portuguesa de Gastronomia (APG). Este é um prémio que reconhece os profissionais de cozinha, pelo trabalho que desenvolveram ao longo de todo o ano. Miguel Laffan junta-se a nomes incontornáveis na nossa culinária como Vitor Sobral, Leonel Pereira, Luís Baena, Fausto Airoldi, Henrique Mouro ou José Avillez, entre outros, distinguidos anteriormente na mesma categoria.

Miguel Laffan, Chef Executivo do restaurante L’And no L’AND Vineyards Resort, mostra-se honrado pala distinção que lhe foi atribuída: “É uma grande honra, vejo como um reconhecimento da Academia Portuguesa de Gastronomia pelo trabalho que tenho desenvolvido com a minha equipa no L’And. Reconhece a dedicação e empenho que todos os dias colocamos para receber e conquistar quem vem ao nosso restaurante. Quem nos visita pode contar com a intenção clara que trabalharemos mais ainda no sentido de proporcionar-lhes uma experiência gastronómica inesquecível”.

Miguel Laffan, que conquistou a primeira Estrela Michelin para o Alentejo em Novembro de 2013 ao comando do restaurante L’AND, faz parte da nova geração de Chefs que estão a criar um novo caminho gastronómico para Portugal, a sua cozinha de inspiração mediterrânica ganhou nova inquietação com a sua curiosidade na cozinha luso-asiática e Oriental. Desta panóplia de influências só poderia resultar uma cozinha rica, fresca e sedutora, transportando-nos na paisagem alentejana para sabores bem harmonizados e de exepção, com a elegância que só Miguel Laffan possuiu. O Chef tem uma abordagem muito criativa dentro da sua cozinha, acredita que só através de uma pesquisa insaciável, da determinação e do rigor é que se atinge uma cozinha de excelência. Para ele é tão importante a frescura de um alimento como a abertura de espírito, para novas técnicas e sabores, de quem o transforma, este equilíbrio é a sua grande referência, sendo a partir desta filosofia que cria equipas de sucesso. No seu curriculum de aprendizagem constam algumas das referências que já provaram ser “escolas” de sucesso, formando muitos dos melhores chefS actuais, nomeadamente, a Fortaleza do Guincho com a cozinha do Antoine Westermann 3 * Michelin (relais Châteaux); Le-jardin-des-remparts, com a cozinha de Roland Chanliuad 1* Michelin em Beune/França ; Le Clous de la violette, cozinha de Jean-Marc-Banzo 2* Michelin Aix-en-Provence – França. Para além disso, o Chef Miguel Laffan chefiou equipas em hotéis de referência tais como, Hotel Casa Velha do Palheiro no Funchal (Relais&Châteaux) e Hotel Quinta da Casa Branca, uma boutique Hotel com assinatura da Small Luxury Hotels, Ilha da Madeira.

A cerimónia de entrega de prémios da Academia Portuguesa de Gastronomia decorreu no Grémio Literário, em Lisboa, e deu prémios a Carlos Botica (restaurante Mandarim, Estoril) na categoria de “Arte da Sala”; a Maria Rolim (Colares Editora) na categoria de “Literatura Gastronómica”; a Iracema Gonçalves e Adérito Gonçalves (Restaurante Geadas) na categoria “Maria de Lourdes Modesto” e ao evento ‘Peixe em Lisboa’, representado na cerimónia por Vítor Costa na categoria de “Academia Portuguesa de Gastronomia”.

Pub

Informação relacionada