Diesel Primavera Verão 2015 Homem/Mulher

Author: Share:

O espírito skater de Venice Beach encontra o blues da gasolineira para esta coleção homem e mulher de Primavera Verão 2015 da Diesel, como diretor artístico Nicola Formichetti volta-se para as grandes fronteiras da cultura norte-americana para apresentar peças com uma atitude cool e despreocupada.

O conceito core de dirty denim da Diesel funde-se com a facilidade do rock ‘n’ roll e é sobreposto com a logomania irreverente dos grafismos das pistas de corrida, enquanto códigos atléticos suavizam os detalhes utilitários para uma noção de diversão de verão eclética.

Um ênfase no mix-and-match, peças arquetípicas definem os modelos tanto de Homem como Mulher, onde uma silhueta esguia mas descontraída capta um espírito de motocross dos anos 90 fundido com o toque empoeirado, típico da estrada do Oeste. Malha desportiva encontra-se com bikers de fechos e riscas colegiais, neste cruzamento inesperado que cruza denim e cabedal trabalhado numa infinidade de acabamentos limpos e sujos, desde jeans pálidos, desbotados e desgastados a acabamentos de alto brilho e desenhos com tachas.

Um espírito suavizado e descolorado pelo sol define o primeiro capítulo da Primavera Verão 2015, com toques de formas utilitárias dos anos 50 e uma palete de azuis pálidos, tabaco, branco e preto desbotado. Camisas de botões e blazers de denim macios contrastam com riscas rodoviárias para encarnar uma quente sensação vintage que continua no tratamento de chinos remendadas, bonés, jeans e malas. A jaqueta perfecto orgulha-se no lugar de destaque tanto no estilo rígido como desconstruído, com acabamentos que incluem golas de contraste monocromático e riscas de tachas cravejadas em cabedal castanho desgastado. Os mesmos motivos com tachas são explorados por toda a coleção, golas aparadas e costuras em blusões de denim, pólos e vestidos retos e sem mangas.

Uma história feminina de blusas e vestidos mini em bordado inglês de algodão são inspirados pela recatada inocência de menina das fotografias de David Hamilton, enquanto um padrão pincelado num vestido camisa esvoaçante e numa camisola relembra a pintura dropping de meados do século.

Outros gráficos incluem a marca de folha dourada de cavalos galopantes, anunciando ‘Only The Brave” num design western nostálgico. Botas welt de fivelas em lona resistente e cabedal escovado injetam a tenacidade da assinatura Diesel, enquanto sapatos de salto denim adicionam um toque urbano e nocturno. O lineup de acessórios Industrial torna-se um futuro clássico da Diesel, com uma clutch, tote e mala de ombro que apresenta um fecho duplo com uma argola que presta homenagem ao Moto jacket.

O Segundo capitulo da coleção muda de rumo, correndo em direção da indiferença do sportswear dos anos 90 que distorce uma estética preppy colegial com a ousada e atlética do passeio marítimo de Venice Beach. Equipamentos de basquete e cheerleading imprimem as riscas típicas das corridas de automobilismo que serpenteiam por tops de alças, camisolas ou pólos em branco, azul cobalto ou vermelho vivo. O motivo das riscas regressa para adornar os ombros de casacos teddy num trabalho de retalho de tiras de cabedal, ou como bandas inseridas em cardigans de malha perfurada e rompers de cetim brilhante.

Grafismos de macacos hidráulicos retirados dos arquivos da Diesel fazem evoluir o espírito motocross da coleção, com logos Diesel em tamanho grande e motivos irreverentes que surgem em camisolas crewneck e hoodies ou remendados em blusões e calções. Combinados com jeans em cabedal e casacos de cabedal com fechos, peças de desporto híbridas que se transformam numa proposta de streetwear sofisticada.

Divertidos acessórios retro complementam o lineup, e incluem mochilas em dupla tonalidade e fecho em atilho, malas de ombro circulares com zipper e sacos de bowling em vinil com inspiração vintage.

Pub

Informação relacionada