“Levantai Alto o Pau de Fileira, Carpinteiros e Seymour: Uma Introdução” de J. D. Salinger

Author: Share:

A interessante família Glass continua a dar que falar. Duas novelas em que é central a misteriosa figura de Seymour Glass.

Buddy Glass está de licença da tropa (estamos em plena Segunda Guerra Mundial) e vem ao casamento do irmão Seymour. Nesta primeira novela conta-se o que se passa no rescaldo do casamento que não chegou a acontecer, por falta de comparência do noivo. Buddy acaba por deixar o local de carro, com alguns dos convidados que, não sabendo que ele é irmão do noivo em fuga, criticam livremente o comportamento de Seymour. Posteriormente, Buddy encontra o diário do irmão e cita-o, contrapondo a verdadeira maneira de este ser às impressões insensíveis de pessoas estúpidas – o que nos mostra o quão próximo é de Seymour.

Seymour: Uma Introdução foi publicada quatro anos depois e é uma espécie de retrato de Seymour Glass. Quem conhece a obra de Salinger saberá o que vai acontecer a Seymour.

Jerome David Salinger nasceu em Manhattan, em 1919. Começou a escrever contos durante a adolescência, mas foi em 1951 que publicou o seu primeiro romance, À Espera no Centeio. Sabe-se agora que o livro que o celebrizou – e que fora recusado por vários editores nova-iorquinos – foi escrito e reescrito ao longo de toda a Segunda Guerra Mundial e que o seu manuscrito resistiu ao Desembarque na Normandia.

J.D. Salinger viveu sempre afastado dos holofotes da fama, levando uma vida anónima, quase de reclusão. Publicou o seu último livro em 1965 e deu a sua última entrevista em 1980. Morreu em New Hampshire em 2010.

  • Género: Ficção
  • N.º de páginas: 192
  • Tradução: Salvato Telles de Menezes
  • Data de lançamento: 9 de outubro
  • PVP: 16,60€
Pub

Informação relacionada