Ibis Porto Gaia reúne novos conceitos de quarto, áreas públicas e de restauração

Author: Share:

Contemporâneo, confortável, com pinta, prático, funcional, giro…e os adjetivos qualificativos poderiam continuar por ali afora ao falarmos do renovado Ibis Porto Gaia que o ShoppingSpirit News conheceu recentemente e que reúne os novos conceitos estratégicos da marca do grupo Accor.

O “velho” Ibis de Vila Nova de Gaia tornou-se no “novo” Ibis e o primeiro a apresentar simultaneamente o mais recente conceito de quarto Sweet Room by ibis, a nova experiência de pequeno-almoço de hotel e as áreas públicas criadas pelo atelier Archange. Nada falta ao novo Ibis…

Comecemos pelo pequeno-almoço, não incluído na tarifa do quarto. É uma agradável surpresa e insere-se no novo conceito que apela à interação com o cliente, apresentando uma decoração arrojada e colorida, com uma forte componente local – à imagem de cada país. De destacar as grandes pás de madeira e os sacos de serapilheira que fazem lembrar os antigos moinhos e padarias, bem como as peças de cerâmica Bordallo Pinheiro.

Aquela que é a primeira refeição do dia pode ser personalizável segundo as vontades e gostos de cada cliente. Existem vários ingredientes para que cada um conceba a sua própria ementa: iogurtes, sementes, fruta, toppings variados são apenas alguns exemplos. No buffet, o destaque vai ainda para as frutas frescas, que se apresentam sob todas as formas. O mote é mesmo ser tutti fruti, numa forte aposta da marca na alimentação saudável. A ibis pretende oferecer uma experiência do pequeno-almoço de hotel ainda mais completa e convivial.

Em cada país, o pequeno-almoço tem um “produto incontornável”, que deve ser apreciado por turistas nacionais e internacionais, miúdos e graúdos. No caso de Portugal é o pastel de nata, em dois tamanhos: o mini, para quem quer preservar a linha, e o normal, para quem não tem dessas preocupações. Também não faltam diversas opções de pães e bolos e os croissants são algo do outro mundo, que podem ser recheados com o que nos apetecer: doce, manteiga com sal ou sem sal, queijo, fiambre ou chocolate. O mesmo que também se pode colocar nas panquecas também disponíveis.

Para beber, além do leite, chá, infusões, café, chocolate e sumos, existe ainda o sumo natural de laranja. Sim sumo natural, espremido na hora, à vista… aliás, espremido pelo próprio cliente abraçando o conceito “Do it Yourself”.

Se dúvidas havia com a riqueza e qualidade do pequeno-almoço tendo em conta a gama “económica” do hotel, ficaram dissipadas de imediato. Na verdade, o pequeno-almoço do Ibis Porto Gaia deixa atrás muitos outros de hotéis posicionados em categorias superiores. A aproximação de uma oferta mais saudável e do sumo de laranja natural são pormenores que fazem toda a diferença.

O serviço de pequeno-almoço completo começa às 6h30 e prolonga-se até ao meio-dia, mas para os mais madrugadores, existe um pequeno-almoço light a partir das 4h00.

E porque a Accor tem o programa de desenvolvimento sustentável Planet 21, assente nos pilares saúde, natureza, carbono, inovação, desenvolvimento local, emprego e diálogo com 21 compromissos para um planeta mais equilibrado o desperdício é algo muito sério… por isso, entre muitos outros exemplos, as cascas das laranjas utilizadas para o sumo são reutilizadas para fazer doce de laranja… um princípio digno de Lavoisier…

Tal como explicou André Cavrois Diretor de Operações ibis Portugal durante a apresentação, “o paradigma da hotelaria económica mudou em função das necessidades do cliente” e o novo conceito do Ibis vai exatamente ao encontro disso e por isso a interatividade e a conectividade são elementos vitais no hotel. O acesso wifi é gratuito para os clientes e na entrada, atrás do balcão, somos recebidos por um ecrã gigante com informações relevantes como meteorologia, preços, ofertas especiais, entre outros. Todos os espaços foram feitos para o conforto dos clientes que podem ver todos os ambientes desde qualquer ponto. Assim, da receção podemos ver o bar, o lobby onde os bancos têm a forma de peões de xadrez, a área de restauração Ibis Kitchen. Mais resguardadas estão as três salas de reunião.

A inspiração vem dos códigos da hotelaria de gama alta, e oferece conforto e modernidade, através de um design contemporâneo, cores quentes, mobiliário modulável que responde a todas as necessidades dos clientes. Os quartos estão todos equipados com um televisor plasma, tomadas para notebook, rádio e ar condicionado.

O conforto é um fator incontornável e seria impossível não falar do Sweet Room by Ibis, um conceito que contribui grandemente para a responsabilidade ambiental da marca. Todos os 108 quartos do Ibis Porto Gaia estão equipados com uma iluminação fluo-compacta, materiais certificados “Forst Stewardship Council”, reguladores de caudal de água e de um distribuidor de sabão Ecolabel, especialmente concebido para a marca.

A cama, Sweet Bed, é algo que não se esquece… aliás, sair dela revela-se uma dificuldade, tal é o conforto proporcionado pelo conjunto das almofadas, edredons, colchão e estrutura. As camas fazem tanto sucesso que a Accor optou por possibilitar a sua venda online. Portugal não está ainda na lista dos países de entrega mas os interessados podem pedir um orçamento. As almofadas também podem ser adquiridas no próprio hotel.

Além da cama, ladeada pelos candeeiros originais e a iluminação regulável, o quarto apresenta-se como um espaço funcional com diversas ligações para o cliente poder manter os seus dispositivos móveis ligados e poder trabalhar e mobiliário modulável de acordo com as últimas tendências de decoração na hotelaria.

As casas de banho também estão mais modernas graças a vários apontamentos originais, como o espelho e a iluminação.

O Ibis Porto Gaia fica em Gaia, a cerca de 3km do centro do Porto.

Pub

Informação relacionada

Deixar um comentário