Monarch da Pullmantur: The Waves Yacht Club é a coqueluche

Author: Share:

O sol já ia na sua curva descendente quando o Monarch, o mais recente navio da Pullmantur se despediu de Lisboa, depois de ter feito a sua primeira escala na Europa, após um evento rodeado de um certo formalismo com a troca de placas entre o comandante do navio e o Porto de Lisboa, perante uma plateia de convidados.

A saída de Lisboa por navio é sempre uma visão que não deixa ninguém indiferente e quando se pode fazê-lo fora do camarote, desfrutando a partir de um local mais seleto como o “The Waves Yacht Club”, a apreciação é sempre melhor. Foi o que aconteceu com o grupo de imprensa convidado pela Pullmantur para um mini-cruzeiro até Bilbau, que durante a viagem pode beneficiar e conhecer bem o novo serviço a bordo.

O navio, que anteriormente pertencia à frota da Royal Caribbean, foi alvo de uma renovação profunda em 2013, mas só agora teve oportunidade de mostrar onde é que foi feito o investimento. A Pullmantur não é propriamente uma desconhecida do mercado português, uma vez que era presença assídua no porto de Lisboa. Com a crise, a empresa redefiniu a sua estratégia. Agora, que os ventos de mudança parecem vir a favor, a Pullmantur quer voltar a ser a preferida dos portugueses e como tal fez uma operação de charme ao trazer o seu navio mais recente. Até 2018 haverá um novo navio o que irá possibilitar uma maior presença em Portugal, nomeadamente no Funchal e outras escalas dentro da Península Ibérica avançou Jorge Vilches, Presidente & CEO do Grupo Pullmantur durante a apresentação à imprensa, acrescentando que “estão a estudar já os itinerários para 2018, mas que nada está fechado”.

The Waves, nova área nobre do Monarch

Além de se estrear em Lisboa e na Europa, o Monarch mostrou também a sua mais recente área nobre: a coqueluche “The Waves Yacht Club”. Uma zona exclusiva para os clientes nas categorias superiores de suites, para os membros do programa de passageiro frequente e para aqueles que estão dispostos a pagar um valor extra, cerca de 200 euros, por uma área mais seleta, com produtos de qualidade superior, que funciona das 7h00 à meia-noite.

Esta área, localizada no deck 12, oferece serviços exclusivos na frota do Grupo, apresenta-se como “um oásis de distinção no mar projetado para os passageiros mais exigentes”.

A sua oferta inclui serviços premium, como camas balinesas, acesso WiFi gratuito, serviço de buffet, transporte e desembarque prioritários e inúmeras vantagens na cabina como por exemplo produtos de higiene pessoal e acessórios high-end, roupão de banho e chinelos, menu de almofadas, canapés e doces no quarto, café e chá Lavazza, entre outros. Trata-se sem dúvida de um serviço a não perder se quiser alguma tranquilidade e um buffet mais seleto. Claro que para ir à piscina terá sempre de descer até lá, mas as camas balinesas estarão à espera quando regressar.

Por enquanto o Monarch é o único navio da Pullmantur a disponibilizar este serviço, mas a estratégia da empresa de cruzeiros é alargar a sua introdução a toda a frota à medida que os navios vão entrando em doca seca para as manutenções habituais. O Zenith e o Horizon, que já têm um serviço “Prestige e Luxe” e terão o conceito “The Waves” no fim do ano.

Muita animação e muito o que fazer

Apesar de ser a grande novidade, nem tudo é “The Waves” no Monarch. O navio com capacidade para 2766 passageiros tem uma oferta muito mais alargada. Além do já conhecido “Tudo Incluído” a Pullmantur tem a habitual oferta de animação diária, tanto na piscina, como no teatro Broadway showroom com espetáculos, jogos como o bingo e outros; atividades desportivas e escalada; restaurantes; lojas. Nos diversos bares, os passageiros espalham-se conforme a sua vontade, podem dançar, podem simplesmente ouvir música ou ver televisão. Por alturas do campeonato europeu o bar Fragata era bastante concorrido. Para uns momentos mais descontraídos com vista alargada sobre o mar, o 360 bar e lounge é uma boa opção.

Os que pretendam uma noite mais agitada, a discoteca Cyan recebe todos os maiores de 18 anos até de madrugada. Os menores tem um espaço próprio onde os adultos não entram.

Para os que pretendam momentos de indulgência, o SPA del Mar tem diversos tratamentos à disposição.

Durante o dia, quando o navio está em porto, o melhor é aproveitar as excursões organizadas para conhecer um pouco do destino. Durante o mini-cruzeiro que o grupo convidado fez, pode conhecer um pouco de Santiago de Compostela e de Bilbau, destinos que merecem sem dúvida uma segunda visita.

O Monarch, com 70 mil toneladas de arqueação bruta, é o maior navio de cruzeiro da Pullmantur e chegou à Europa, a Lisboa, no início de junho, no final de uma viagem transatlântica depois de finalizar a sua temporada nas Caraíbas. Na capital portuguesa, onde desembarcaram cerca de 2000 passageiros e embarcaram outros tantos, iniciou um cruzeiro de posicionamento no norte da Europa.

Durante o verão irá fazer itinerários de sete noites no norte da europa e Báltico, com partidas de Rostock na Alemanha e Helsinquia, Finlândia, no caso das capitais bálticas e saídas de Rostock e chegada a Trondheim, Noruega, alternando alguns portos.

O cruzeiro de posicionamento realizado em junho irá repetir-se em setembro, no sentido inverso, chegando a Lisboa a 19 de setembro. Pelo caminho visita os portos de Copenhaga, Ijmuiden (Amesterdão), Doves (Reino Unido), Bilbao e Vigo.

Novos itinerários nas ilhas gregas em 2017

Para o ano a grande novidade de programação da Pullmantur serão os cruzeiros nas ilhas gregas. Um itinerário que a companhia considerava estar em falta para satisfazer os seus passageiros, grande parte deles famílias, principalmente no que diz respeito aos itinerários nas Caraíbas e Mediterrâneo. Nos cruzeiros no Báltico a faixa etária aumenta.

O novo cruzeiro, que terá 15 partidas, terá como base o Pireu (Atenas) e fará numa semana a região do Egeu, com passagens por pontoso como Mykonos, Marmaris (Turquia), Patmos e na seguinte fará o Adriático, com escalas em Corfu, Kotor, Dubrovnik, Veneza.

Além destes a empresa irá continuar com o Rondo Veneziano, um dos clássicos da programação na Europa.

Pub

Informação relacionada

Deixar um comentário