O Natal está aí à porta?

Author: Share:
Susana-Albuquerque

Natal? Parece-lhe que ainda falta muito tempo? Não, nada disso! É certo que as ruas ainda não estão iluminadas com as decorações natalícias, o Pai Natal ainda não chegou aos grandes centros comerciais e as lojas ainda não têm as músicas de Natal a tocar. Ainda não cheira a Natal, é uma verdade! Mas esta é a altura ideal para começar a planear a noite em que o velhinho de barbas brancas faz as delícias da pequenada. Está na hora de colocar mãos à obra. Passo a explicar-lhe porquê.

Comece por fazer uma lista das pessoas que quer presentear. Depois, veja qual o orçamento total disponível para esta finalidade. Com base em ambos defina o valor máximo que pode gastar por pessoa. Lembre-se também que os presentes feitos por si têm sempre um significado especial para quem recebe, uma vez que são personalizados, sendo, regra geral, mais económicos para quem oferece.

Se já está a pensar que não tem jeito nenhum para as artes manuais, recordo que não precisa de ser super habilidoso. Há opções para todos os gostos. Os trabalhos manuais, a costura criativa, as malhas, a produção de vídeos ou álbuns fotográficos e as compotas e os licores são os mais comuns. Mas estas não são as únicas opções. A imaginação é o limite e a internet dá uma ajuda fenomenal ao apresentar um mundo de ideias, muitas delas com tutoriais que explicam passo a passo como executar aquilo a que se propõe. Invista algum tempo a pesquisar. Esta é uma das razões pela qual é fundamental começar desde já a pensar na preparação dos presentes de Natal, evitando o stress dos últimos dias e andar de loja em loja à procura de algo que, muitas vezes, nem sabe bem o que é! O resultado é quase sempre o mesmo: um presente que se comprou em desespero e que nem sempre é o mais indicado para a pessoa em questão a um preço que supera o orçamentado.

Sugiro que depois de decidir o que irá fazer para os seus familiares ou amigos coloque mãos à obra. Aproveite os dias de outono e, no conforto de sua casa, dedique-se a preparar os presentes. Com tempo e calma, este tipo de tarefas pode ser bem divertido.
E, para aquelas pessoas a quem decidiu comprar presentes, sugiro que comece já a pesquisar os preços dos artigos que pretende. Isto permite-lhe perceber onde é mais barato e, inclusive, detetar promoções. Sugiro ainda que vá distribuindo estas compras ao longo dos próximos 3 meses.

Ainda pensa que falta assim tanto tempo para o Natal?

Informação relacionada

Deixar um comentário