Novo livro de Paula Hawkins, autora de «A Rapariga no Comboio»

Author: Share:

novo-livro-paula-hawkins-autora-rapariga-no-comboio_1A Topseller, chancela do Grupo 20|20 Editora, tem o prazer de anunciar Into the Water, o novo romance de Paula Hawkins, autora bestseller n.º 1 do New York Times e do livro mais vendido em Portugal desde 2015: o romance fenómeno global A Rapariga no Comboio.

Com lançamento mundial em Maio de 2017, ao qual se juntará a editora portuguesa, Paula Hawkins está de volta com Into the Water, o seu viciante novo romance de suspense psicológico sobre a incerteza da verdade e uma família a afogar-se em segredos.

Desconfie de uma superfície tranquila: nunca se sabe o que se esconde por debaixo dela. Com a mesma intensidade que cativou milhões de leitores de todo o mundo com o seu romance de estreia A Rapariga no Comboio, Paula Hawkins apresenta agora uma história perturbadora, imprevisível e complexa, passada numa pequena localidade ribeirinha. Quando os corpos de uma mãe solteira e da sua filha adolescente aparecem no fundo do rio, com poucas semanas de intervalo, a investigação subsequente descobre uma história labiríntica.
Tal como em A Rapariga no Comboio, o novo romance de Paula Hawkins, Into the Water, apoia-se na forte consciência do que são os instintos humanos e do mal que estes podem causar.

Paula Hawkins prende o leitor com a intriga, mas tal como no seu último thriller, o mistério do homicídio é apenas uma parte de um todo maior, apenas um dos muitos elementos com os quais os leitores se sentirão envolvidos.
Tal como A Rapariga no Comboio explora o voyeurismo e a auto-perceção, Into the Water interroga a inconsistência da memória e as formas perigosas que o passado tem de se estender até ao presente e ao futuro.»

A editora britânica da autora, Sarah Adams, diz: «Novamente, Paula explora as emocionantes profundezas da nossa psicologia, lembrando-nos de que raramente as coisas são como parecem e intimando-nos para que nos tornemos detetives. Into the Water está repleto de suspeitas e ecos fantasmagóricos do passado. É uma leitura perturbadora, comovente e profundamente satisfatória
que me encantou desde a primeira página até à última. Não podíamos estar mais impacientes para a partilhar com os leitores.»

Pub

Informação relacionada

Deixar um comentário