Como é que os portugueses tencionam poupar este Natal?

Author: Share:

Um quarto dos portugueses tem intenção de poupar nesta quadra natalícia. A solução que reúne mais adeptos é a de oferecer presentes apenas à família mais próxima.

O mais recente estudo do Observador Cetelem, que analisou o consumo em Portugal e as intenções de compra para a época natalícia, conclui que 25% dos portugueses pretendem poupar. Destes, cerca de metade (49%) planeia fazê-lo oferecendo presentes apenas à família mais próxima.

Preparar a comida em casa (37%), oferecer presentes apenas às crianças (29%) e comprar em época de saldos (22%) são outras das soluções mais apontadas pelos consumidores portugueses para poupar.
Há ainda consumidores que pretendem fazer os próprios presentes (7%) e aqueles que preferem comprar com maior antecedência (7%) para diminuir os gastos.

Ainda assim, no geral, a maioria dos inquiridos (63%) afirma não ter qualquer intenção de poupar.

«É interessante analisar as formas que os portugueses encontram para poupar no Natal, uma época tendencialmente associada a um maior nível de consumo. Além de se mostrarem atentos a oportunidades como os saldos ou as compras antecipadas, o que revela um comportamento de consumo inteligente, mostram-se criativos ao querer produzir os próprios presentes», comenta Pedro Camarinha, diretor de distribuição do Cetelem.

Este estudo foi desenvolvido em colaboração com a Nielsen, tendo sido realizados 600 inquéritos por telefone, a indivíduos de Portugal continental, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos, entre os dias 26 e 28 de setembro de 2016. O erro máximo é de +4.0 para um intervalo de confiança de 95%.

Pub

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ten + 6 =