NINTENDO SWITCH chega a Portugal a 3 de março

A embalagem incluirá a consola, os comandos Joy-Con direito e esquerdo, um suporte para Joy-con (no qual dois Joy-Con são encaixados e utilizados como um só comando), um conjunto de correias Joy-Con, uma base (na qual a consola poderá ser pousada e ligada a uma TV), um cabo HDMI e um carregador. Serão lançadas duas versões da consola: uma com Joy-Con cinzentos e outra com um Joy-Con azul néon e um vermelho néon.

“A Nintendo Switch representa uma nova forma de jogar em casa e oferecerá uma grande diversidade de estilos de jogo,” declarou o presidente da Nintendo, Tatsumi Kimishima, a que acrescentou ainda: “Vamos mostrar ao mundo novas formas de diversão possibilitadas pelas características únicas da consola e dos Joy-Con”.

A Nintendo Switch é uma revolucionária consola doméstica que pode ser ligada a uma TV em casa, mas que pode imediatamente transformar-se numa consola portátil com um ecrã de 6,2 polegadas. Pela primeira vez, os jogadores terão a oportunidade de usufruir de uma consola de utilização primariamente doméstica em qualquer altura e em qualquer lugar.

O ecrã contará com um painel de toque capacitivo para jogos compatíveis. A bateria poderá durar mais de seis horas, mas variará consoante o título jogado e as condições de utilização. Ao jogar The Legend of Zelda: Breath of the Wild, por exemplo, a bateria durará aproximadamente três horas. Já fora de casa, a Nintendo Switch poderá ser carregada ligando o carregador ao conetor USB Type-C.

Graças à versatilidade dos Joy-Con poderá contar com novas e variadas formas de jogar. Os dois comandos poderão ser utilizados de forma independente em cada mão ou funcionar como um só comando quando encaixados no suporte. Estes poderão ser também ligados à consola principal para utilização no modo portátil ou partilhados com amigos em jogos compatíveis para dois jogadores. Cada Joy-Con conta com botões e será capaz de funcionar de forma autónoma. Igualmente, cada um inclui um acelerómetro e um sensor de movimentos, o que possibilitará o controlo por movimentos esquerdo e direito de forma independente.

Para além disso, a Nintendo Switch incorporará uma variedade de funções que a tornará ainda mais interativa. O Joy-Con esquerdo apresenta um botão de captura que poderá premir para captar imagens do jogo instantaneamente e partilhar depois nas redes sociais. O Joy-Con direito inclui, ainda, um ponto de contacto NFC que permitirá a interação com figuras amiibo, assim como uma câmara de infravermelhos capaz de detetar distâncias, formas e movimentos de objetos nas proximidades em jogos compatíveis. Conseguirá, por exemplo, determinar a que distância está a mão do jogador e indicar até se estará em forma de pedra, papel ou tesoura. Ambos os Joy-Con incluem vibração em HD, o que proporcionará sensações subtis que se revelarão mais realistas do que nunca. O efeito será tão detalhado que um jogador poderá, por exemplo, sentir a vibração de cubos de gelo individuais a colidirem dentro de um copo ao agitar um Joy-Con. Com a vibração em HD, será possível alcançar um nível de realismo impossível de atingir apenas através de imagens e sons.

Para além disso, a Nintendo Switch permitirá uma ligação entre jogadores ainda mais fácil, já que até oito consolas poderão ser ligadas entre si através do modo de jogo local sem fios. Assim, poderá colocar a consola na vertical em qualquer lado usando o suporte incluído e partilhar depois os Joy-Con para diversão multijogadores sem recurso a uma TV. A consola oferecerá opções multijogadores sem fios. A Nintendo também desvendou um novo serviço online por subscrição que arrancará com um período de experimentação grátis no lançamento. O serviço inclui uma aplicação para dispositivos inteligentes que será disponibilizada no verão de 2017 e que permitirá aos utilizadores convidar amigos para jogar online, agendar partidas e conversar uns com os outros enquanto jogam títulos compatíveis. O serviço pago com todas as funcionalidades estará disponível no outono.

Editoras externas de renome em todo o mundo, incluindo a Activision, a EA, a Take 2 e a Ubisoft, a que se juntam estúdios japoneses, já confirmaram a sua colaboração com a Nintendo Switch. Algumas destas, como a Bethesda, irão colaborar com a Nintendo pela primeira vez. Relativamente a títulos, poderá esperar novos jogos de grandes séries, como FIFA, The Elder Scrolls ou NBA 2K, todos eles sem qualquer bloqueio regional.

As capacidades únicas da consola e dos Joy-Con combinam-se com as tecnologias de plataformas anteriores para darem origem à consola mais flexível e completa de sempre. Isto é demonstrado pela ampla variedade de jogos únicos que serão lançados não só em março como durante todo o ano de 2017, da autoria tanto da própria Nintendo como de estúdios de desenvolvimento externos. Desde a abrangente experiência de mundo aberto de The Legend of Zelda: Breath of the Wild à diversão de 1-2-Switch, a Nintendo Switch oferecerá algo para todos os gostos.

Pub

Deixar um comentário