Preço das casas em Portugal sobe 5,6% no final de 2016

Author: Share:

De acordo com o Índice de Preços Residenciais da Confidencial Imobiliário, o preço das casas em Portugal (Continental) terminou o ano de 2016 a subir, registando-se uma valorização homóloga de 5,6% em dezembro. Ainda assim, esta subida representa um ligeiro abrandamento face ao ritmo de crescimento dos preços que se tinha registado no 3º trimestre de 2016, no qual os preços de mercado tiveram um aumento homólogo de 7,5%, resultado que figurou com o mais elevado dos últimos 15 anos.

No 3º trimestre, o Índice de Preços Residenciais da Confidencial Imobiliário tinha tido uma variação trimestral de 2,4%, tendo no 4º trimestre uma subida trimestral mais contida de 1,0%.

Ricardo Guimarães, diretor da Confidencial Imobiliário, explica que “o índice de preços da Confidencial Imobiliário é calculado com base em vendas efetivas, traduzindo a realidade do mercado. E os resultados mostram que o crescimento dos preços se mantém robusto, sendo uma tendência já consolidada. Os preços sobem de forma quase ininterrupta há 18 meses, refletindo o aumento da procura. O que observamos é um alinhamento cada vez maior entre o desempenho efetivo do mercado e as perspetivas que nos são transmitidas pelos operadores que nele atuam, os quais estimam em torno dos 4% a valorização média anual dos preços das casas em Portugal”, refere.

Recorde-se que os inquiridos no mais recente inquérito mensal produzido pela Confidencial Imobiliário e pelo RICS – o Portuguese Housing Market Survey, de janeiro -, apontam para um aumento de cerca de 4% no preço das casas nos próximos 12 meses, um patamar que também já havia sido estimado para 2016. O mesmo documento mostra ainda que a dinâmica da procura continua a superar a entrada de casas em oferta, pelo que a pressão de subida do preço das casas deverá manter-se.

Informação relacionada

Deixar um comentário