25% dos hipertensos não sabem que têm a doença

Author: Share:

Cerca de 42% dos portugueses têm valores anormais de pressão arterial. Contas feitas, isto significa que há qualquer coisa como três milhões que sofrem de hipertensão no nosso país, doença que afeta mais os homens (44%) do que as mulheres (40%). Uma situação preocupante e que motiva, no Dia Mundial da Hipertensão, o alerta de Pedro Marques da Silva, coordenador do Núcleo de Estudos de Risco e Prevenção Cardiovascular da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI). Tanto mais que “25% dos hipertensos não sabem que têm uma pressão arterial elevada”.

“Infelizmente, hoje ser hipertenso é saber que está muito e largamente acompanhado”, confirma o especialista. Acompanhado pelos que se preocupam com a doença, pelos que não sabem que a têm e pelos outros, aqueles que, refere o médico, “não tomam os medicamentos ou recusam, consciente ou inconscientemente, as propostas de estilos de vida que lhe foram indicadas: comer sem sal, emagrecer, deixar de fumar…”.

Por cá, cerca de 25% dos indivíduos com hipertensão arterial não tomam medicamentos. A culpa, explica Pedro Marques da Silva, não morre aqui solteira. “Os médicos, o sistema de saúde, as preocupações de todos os dias, o dinheiro que não estica também ajudam. Mas já que temos que tomar um medicamento, pelo menos que consigamos baixar a pressão arterial.” No entanto, “dos hipertensos que estão medicados, só 42% estão controlados”.

Pub