Montês – nasceu o primeiro gin de montanha

Author: Share:

“Subimos às montanhas portuguesas para colher as melhores bagas, flores e frutos silvestres e criar aquele que é o primeiro gin de montanha do país…”

Assim nasceu o Montês, um gin destilado a partir de quatro botânicos: o Zimbro (Juniperus Communis), a Carqueja (Pterospartum Tridentatum), as Urzes (Erica / Calluna Vulgaris) e o Medronho (Arbutus Unedo). Juntas, estas plantas dão origem a um gin ligeiramente doce e menos seco, marcante e rústico, com aroma a mato e de espírito subtil, tal como o gato Montês (Felis Silvestris).

Seguindo um modo de produção artesanal, os botânicos são destilados um a um e posteriormente é feito o blend, segundo uma fórmula desenvolvida por João Pedro Freire Borges Mendes, produtor, proprietário e master distiller da Destilaria Caratão, coadjuvado neste “processo alquímico” por outro mestre, o Pedro Miguel Freire.

O método utilizado é o de destilação lenta em alambique de colunas por arrasto de vapor de água, água esta captada em área protegida do Parque Natural da Serra da Estrela.

“O gin Montês celebra a singularidade e a riqueza das plantas silvestres que brotam das montanhas do nosso país. Esperamos cativar todos os amantes desta bebida. Àqueles que se queiram iniciar, desafiamos desde já a provar este novo néctar”, comenta o João Pedro.

Pub

Informação relacionada